Caixa de pássaros - resenha

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Emocionante! 

Caixa de pássaros - autor: Josh Malerman - editora: Intrínseca

sinopse: "Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. 
Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão."




Esse livro é, no mínimo, curioso...e assustador. Devo dizer que em vários momentos tive que pular algumas páginas para poder saber o que ia acontecer (desculpem, mas sou assim...ficar esperando pra ver quando você tem que ir trabalhar agonia a gente!! rsrs) e depois ter que voltar e ler pra saber o que aconteceu pra chegar a esse ponto...

O livro alterna entre a história de Malorie e o que aconteceu há cinco anos atrás...quando tudo começou. 
Eram acontecimentos esparsados. Um dia alguém pareceu ter visto algo e simplesmente se suicidou de alguma forma instantânea. Só que esses acontecimentos começaram a ficar frequentes e em várias partes do mundo. Tudo o que sabiam era... a pessoa estava bem, de repente parecia ter visto algo e então se matou na hora. Apenas isso. As pessoas começaram a ficar com medo. Começaram a evitar olhar para cima ou cobriam seus olhos na maior parte do caminho. Malorie e sua irmã começaram a imitar as pessoas. Cobriram as janelas da casa com cobertores, cobriam os olhos para sair nas ruas. Malorie estava com gravidez avançada de um cara que nem sabia disso. As duas moravam juntas até que uma tragédia aconteceu com sua irmã...um cobertor que soltou da janela. Malorie lembrou-se de um recorte de jornal que dizia que existia uma casa segura para quem quisesse fugir do medo. Ela resolveu arriscar. 

Na casa ela encontra outras pessoas vivendo juntas. Algumas aceitam Malorie, outras temem que seja mais uma boca pra alimentar. 

A história então muda para o agora. Malorie está sozinha na casa com duas crianças. Então alguma coisa aconteceu!! O que houve com as outras pessoas da casa? Por que Malorie fala delas no passado?? O fato é que ela resolve tomar uma decisão...e vai sair da casa, em busca de um lugar do qual recebeu um telefonema num certo dia fatídico...

A história alterna entre Malorie e sua travessia com as crianças por um rio - completamente vendados!! - e sua história na casa com as pessoas. Dentro de casa ficavam com cobertores na janela; do lado de fora, completamente vendados...bastava uma pequena olhada para o ser ou o que quer que desencadeasse isso para o suicídio. Assustador, não? Tinha horas no livro em que eu realmente ficava pensando: eeeeeita, e agora??

Mas Vivi, por que o nome caixa de pássaros? Bem...havia uma caixa de pássaros na frente da casa...que normalmente fazia barulho quando algo se aproximava...Era ela que avisava se algo estranho ou alguém estranho estava por perto...terrivelmente assustador..rs

Contudo, eu realmente acho que devia haver uma continuação. Sei que o autor achou que não precisava se explicação ou deixar meio o final no ar...ele disse que não pensou nisso ainda, mas eu senti uma pequena falta de algumas coisas, mas....bem, o livro é ótimo por si só! ;)

Zack: Eu sei o que desencadeava o suicídio estranho...

Jessi: Sério? O quê??

Zack: Você saía por aí na TPM tendo acabado de acordar...as pessoas não aguentavam isso.

Jessi: Quantas vezes eu preciso te chamar de idiota para que você se convença?? 

Zack: Vivi centenas de anos...talvez milhares de vezes! :3

Jessi: ¬¬











Comentários no Facebook
2 Comentários no Blogger

2 comentários:

  1. Oi, Vi.
    Eu tenho esse livro aqui, mas ainda não me decidi se quero ler ou não! rs...
    Fico pensando que vou ficar com medo e vou deixando sempre para depois! kkkk
    Quem sabe um dia tomo coragem?! kkkk
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aAAh, medo acho que não dá pra ficar; apenas tensa!! Pode arriscar!! rs

      Excluir

Tecnologia do Blogger.