A fofa do terceiro andar

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Mais um livro nacional! :)

A fofa do terceiro andar - editora: Galera Record - autora: Cléo Busatto

sinopse: "A Fofa do Terceiro Andar - Primeiro juvenil da escritora Cleo Busatto, autora de mais de 20 livros, a maioria infantis. A fofa do terceiro andar é a história de Ana, uma menina acima do peso, mas cheia de opinião, que se muda para uma escola nova, começa a sofrer bullying dos colegas e acaba desenvolvendo uma depressão. Quando o ano recomeça, ela muda de turma e conhece um menino que não se importa com o peso dela e eles começam a namorar. A família dele é meio hippie e ele ensina a ela que, mesmo fora dos padrões ela é bonita."






Bom, acho que a própria sinopse do livro já deixa passar bastante coisa, rsrsrs! 

Ana é uma menina bem gordinha que sofre bullying na escola. O livro começa com Ana se sentindo muito triste, já pegando o diário e começando a escrever o que está sentindo. Então o livro é basicamente o desabafo de Ana no diário a cada dia, dizendo como se sente, o que as pessoas tem feito com ela, como tem se sentido, o que tem acontecido.  
Um dia, Ana resolve mudar. Resolve que vai fazer dieta, que vai fazer exercícios, mas assim que se magoa, bam, volta a comer tudo de novo, até pior. Isso sem contar que a família cozinha bem, né, fazer o quê? rsrs

Ana pensa muito mal sobre si, não se ama e não se aceita. Mesmo sua melhor amiga Júlia tenta fazer a menina se amar, mas não adianta. Quando conhece Francisco, tudo muda. É um menino que está com um pouco de sobrepeso mas não liga e sua família é muito amorosa. Francisco volta e meia tem mudanças súbitas de humor, mas Ana entende e aceita muito bem. Com o tempo, ela começa a se ver melhor, pelos olhos dele, talvez? Ela passa a se aceitar e perdoar os outros. Uma tragédia na vida dos dois acontece, mas Ana segue adiante, ajudando Francisco e se sentindo bem por isso. 

Eu não sei bem o que dizer sobre este livro, acho que infelizmente não me identifiquei com a Ana...a escrita da Cléo é sensacional, mas o livro é bem voltado para adolescentes e bem reflexivo; talvez por eu não ter passado o que a pobre Ana passou, - eu era magra feito palito, era mais zoada por isso - não me liguei muito. Ana é extremamente depressiva e acabou me deixando um pouco também. Acredito que muitas adolescentes passem por isso, por isso é um ótimo presente para uma jovem mulher! ;D

Também fiquei muito chateada quando Ana deu a volta por cima e ao invés de se aproximar dos outros, ficou colocando defeitos em todo mundo do tipo: "as meninas da minha idade preferem ir pra balada, eu prefiro ler um livro!" parecia algo estilo: 'as meninas da minha idade fazem isso, mas eu sou melhor porque...'e outros comentários assim me deixaram chateada. Fiquei pensando: "Ei, peraí, também não é assim! Você devia procurar outros tipos de pessoas! Somos de todos os tipos! Também não era chegada nessas coisas!" Mas acredito que a Cléo colocou assim para fazer as adolescentes pensarem que elas não devem ser diminuídas em relação às outras pessoas e que elas tem coisas boas na vida também. Mas o livro é muito bom num tom reflexivo para meninas e acho que seria um bom presente!

A escrita da Cléo é muito maravilhosa! ;)

Zack: Aposto que Jessi já sofreu muito com isso...

Jessi: Continuo sofrendo...ei, espera, o quê? 

Zack: Já falou!!

Jessi: ARGH, ZACK!!



Comentários no Facebook
16 Comentários no Blogger

16 comentários:

  1. adorei conhecer o livro, pelo jeito ele passa uma mensagem bem especial pra que ler, fora que é bem pequeno e a leitura é rápida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é verdade! Rapidinho você termina! :)

      Excluir
  2. Essa sinopse já entrega a história inteira... Parece ser um bom livro para os mais jovens que passa uma mensagem bem legal no fim.

    ResponderExcluir
  3. O livro parece bem legal e com uma boa moral no final, e ainda por cima de uma autora brasileira :D fiquei interessada mesmo com a sinopse entregado bastante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, pena que entrega mesmo! Ele é bem voltado para adolescentes, dá uma olhada antes! ;)

      Excluir
  4. Oi, Vi.
    Juro que eu tento, mas não tenho saco para esse negócio de bullyng...
    Infelizmente o mimimi é tanto que os casos realmente graves acabam passando despercebidos...
    Eu era uma criança gordinha, nerd, de óculos e cabelo ruim... É claro que eu era zoada na escola!!! Se eu me deixei deprimir por isso?! Não!! Eles me zoavam, eu usava a minha inteligência para responder de tal forma que calava a boca de todo mundo!!
    Então dificilmente vou me identificar com uma personagem assim!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, ela era uma menina que se deixava levar pelos comentários dos outros ou até pelo que ninguém falava mas ela achava...meio chato...:/ te entendo! Eu também não ligava porque acho que na nossa época não era bullying. ..:/

      Excluir
    2. É, ela era uma menina que se deixava levar pelos comentários dos outros ou até pelo que ninguém falava mas ela achava...meio chato...:/ te entendo! Eu também não ligava porque acho que na nossa época não era bullying. ..:/

      Excluir
    3. É, ela era uma menina que se deixava levar pelos comentários dos outros ou até pelo que ninguém falava mas ela achava...meio chato...:/ te entendo! Eu também não ligava porque acho que na nossa época não era bullying. ..:/

      Excluir
  5. Gosto bastante de livros onde os personagens conversam com os leitores, mesmo sendo recomendado para adolescentes me parece um livro fofo, e msm sendo um pouco depressivo parece ser bem legal!

    ResponderExcluir
  6. Não leio mais infanto juvenis.....mas esse parece ser um bom livro para as garotas adolescente se "aceitarem" melhor. Cada um é de um jeito e todos somos bons em essência. :)

    ResponderExcluir
  7. O livro ate parece legal, mas nao o leria, pelo menos por agora...
    Deve ser muito chato passar por isso né?! Se eu parasse pra ver o titulo do livro eu iria imaginar uma fofa nao gorda, pq pra mim fofo não é gorodo, nao costumo fazer essa ligação...rsrs

    ResponderExcluir
  8. Li uma resenha negativa sobre esse livro em outro blog. Parece que a proposta da autira era muito boa, mas que ela não soube explorar a história de forma satisfatória. talvez seja por causa desse tom depressivo que você citou. E acho que o problema maior da protagonista Ana é a falta de maturidade e insegurança, e isso só o tempo resolve (e tem gente que não aprende nunca).

    ResponderExcluir
  9. Samantha: Então corre atrás! ;D Você deve gostar! ^^

    Fabíola: Sim, cada um é de um jeito! Se você aprende a se amar, o que os outros pensam não tem a menor importância! ;D

    Natalia: :D

    Douglas: exatamente! Quando li 'fofa' imaginei uma pessoa boazinha e...fofa, né? Não gorda...e sem contar que a menina se autodeprecia tanto...:/

    Jaqueline: pois é...não gostei muito também não...acho que a protagonista estava exagerando muito no papel de vítima e só conseguiu se erguer porque arrumou um namorado...:/ é verdade!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.