Sociedade das sombras - importante

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

  conto inédito de Zack e Jessi!!

sinopse: "A partir de hoje, você está sob o olhar atento da Sociedade das Sombras e ao ingressar pelo mundo oculto na escuridão, terá privilégios que só o saber pode dar a alguém, como deveres que tal conhecimento te trará. Cuidado a quem revele o segredo dos seres nas sombras, pois não vai gostar de receber uma visita de um dos nossos membros."








Então, eu vou explicar porque este livro é importante...rsrs! É porque tem um conto inédito da Caçadora nele! Não vai encontrar em lugar nenhum, nem mesmo aqui no blog e ele é bem grandinho!!! ^_~

Só tenho cerca de 12 livros, e assim que acabarem, só vão poder comprar no site da Estronho!  Então se quiser o conto autografado, compre um logo comigo, tá? Depois acabou e não vou ter outros! ^^; 

O conto de Jessi e Zack é o único que é engraçado! Os outros são sinistros, alguns bem nojentos e assustadores...bem, admito que não senti medo, mas é porque eu sou meio difícil de me assustar com um livro...hehe (achei Carrie, a estranha fofo e triste).
São 14 contos de diversos autores, nacionais e portugueses, todos de suspense, terror e alguns interessantes. Não tem só vampiros, mas fantasmas, demônios, etc. Acho que vale a pena uma chance para nossos autores nacionais e portugueses, mas não recomendo para crianças não, viu? Alguns são um pouquinho assustadores além da conta...^^; Tem que ter estômago forte!! 

Quais são os autores?? Adriana "Strix" Rodrigues, Adriano Siqueira, Alícia Azevedo, Bruno Pereira, Carla Ribeiro, Celly Borges, Fábio Ventura, Gabriel Arruda Burani, Karlo Campos, Kane Ryu, Louise Duarte, Nazarethe Fonseca, Paulo Soriano, Vivianne Fair!
Não acham que vale a pena dar uma conferida?

Neste conto de Zack e Jessi, eles estão tentando se matar, pra variar...mas dois estranhos se intrometem no meio: um caçador e um vampiro que estão lutando contra o outro. Só que o caçador acaba se interessando por matar Zack, já que ele é um vampiro famoso, e o outro vampiro está interessado em Jéssica, já que está louco por sangue. Então Zack e Jessi têm que se unir para lutarem contra ambos...mas será que vai dar certo?

rsrsrs, se quiserem algum, entrem em contato comigo, okay? vivi.fantasy@gmail.com   PS: Está $38,00 com frete!!

Assim que acabar, vou editar aqui e vocês vão poder comprar pelo site da Estronho! Beijokas!! 


Leia Mais ►

Cidade de vidro

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Trilogia perfeita!! =D 

Cidade de vidro - autora: Cassandra Clare - editora: Galera Record

sinopse: "Para salvar a vida de sua mãe, Clary precisa viajar à Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras - não importa que entrar a cidade sem permissão seja contra a lei e que desobedecer às leis possa significar a morte. Para piorar as coisas, ela descobre que Jace não a quer lá, e que Simon foi jogado na prisão pelos Caçadores de Sombras, os quais estão profundamente desconfiados de um vampiro que suporta a luz do dia. Enquanto descobre mais coisas a respeito do passado de sua família, Clary encontra um aliado no misterioso Caçadores de Sombras Sebastian. Com Valentim juntando a força total de seu poder para destruir todos os Caçadores de Sombras, a única chance destes sobreviverem é lutando ao lado de seus inimigos eternos. Mas conseguirão os Moradores do Submundo e os Caçadores de Sombras colocar seu ódio de lado a fim de trabalharem juntos?"

Para quem não viu ainda as resenhas anteriores: Cidade dos ossos e Cidade das cinzas!

Aqui termina a trilogia, embora ainda tenha uma continuação..."Ora, Vivi, que loucura é essa??"
Bem, eu considerei este o fim de uma trilogia, embora não seja. Há ainda três outros livros que ainda não saíram, embora, é claro, eu também vá ler! Mas é uma pena que a autora queira 'esticar a trilogia'...eu acho que ela devia simplesmente criar outra, então é assim que vou encarar, porque pra mim terminou como devia ser! ;D Amei o final e ponto!

Então fui no site da autora e ela explicou o seguinte: que sua intenção era deixar terminar neste, mas que ela deixou algumas brechas para continuar, então achou que podia ir em frente...só por isso! XD  




Clary me decepcionou um pouco neste livro. Ela agiu feito uma garotinha mimada...mas agora há participação de muitos outros personagens e a chegada do misterioso e charmoso Sebastina...fiquei encantada em ver como os personagens evoluíram!

Apesar do livro ficar um pouco chato por conter muitas explicações e ficar cansativo em algumas partes, a aventura, os apuros, tudo fica muito perfeito! 
Os Caçadores de sombras vão para Idris, para a reunião da Clave. Há um ataque e eles partem sem Clary, para alívio de Jace, que não a queria lá. Só que Clary não aceita. Ela é a única com quem Ragnor Fell falaria, a única pessoa que poderia curar sua mãe.

Jace a maltrata - nossa, como senti raiva dessa parte, mesmo que Clary merecesse um pouquinho - e depois disso, ela conhece Sebastian, um cara gentil e atencioso...ele a ajuda a encontrar Ragnor Fell, só que...bem, algo aconteceu. 
Simon acaba preso em Idris e Clary fica indignada...ele acaba conhecendo um companheiro de cela que revela que Valentim pretende atacar Idris...

Enfim, tudo é muito ligado, há muitas referências entre anime e mangá e eu simplesmente me vi lendo um anime..hehe!

Amei o livro e Cassandra Clare se tornou uma de minhas escritoras favoritas! Achei tudo muito lindo, embora tenha algumas cenas que eu queria que tivessem ficado um pouco mais explicativas, mas acho que é minha implicância mesmo!

Amei a trilogia (continuo acreditando que é uma trilogia! XD) e super recomendo para quem quiser - e o que é melhor: já está pronta e você não tem que ficar esperando, hehe! A não ser que você continue lendo a série dos Instrumentos mortais então, tem mais outros três...rsrs!!
 
Zack: Essa mania que esses autores tem de esticar a trilogia...espera...nossa autora não vai fazer isso??

Jessi: Ela não vai esticar a trilogia...ela vai fazer a sua!!

Zack: Aaah, me sinto tão importante...digo, mais! =D 

Jessi: *revira os olhos*
Leia Mais ►

Conto 20 a Caçadora

Opaaa, olha eu aqui novamente demorando para postar contos..rsrs!
Mas como já disse antes, eu terminei o livro 3, agora tenho mais tempo para postar contos e tirinhas! =D E nossa, como minhas resenhas estão atrasadas!!

Em breve vou fazer um post do livro 3, podem deixar! ^^ E colocar algumas passagens, contra-capa, tudo! ^^ 

Bem, vamos lá! Aqui mais um conto de Jessi e Zack! 


Conto 20 – Jessi e Zack – personagens do livro “A Caçadora”  de Vivianne Fair
Autora: Vivianne Fair

Não estou só acorrentada na árvore.
Estou simplesmente morrendo de vergonha pela situação. Claro que Zack já me fez pagar muitos micos. Mas acho que, de todos, este foi o mais caprichado. O pior: foi por algo totalmente idiota.
Dez minutos atrás eu estava na sala de aula, assistindo a uma aula de... bem, não lembro, mas não importa. Afinal, não estava prestando atenção mesmo, porque isso não cai em concurso.
Ora, desculpe, mas é a verdade, oras! Afinal, já sou formada. E Zack também, em trocentas faculdades, por isso parecia terrivelmente entediado. E quando eu já não aguentava mais o fato dele ficar puxando fios da minha blusa nova, resolvi querer saber o que ele pretendia.
Até agora me arrependo. Por quê? Ele quis brincar de pique-esconde aqui fora. Certo, você pode pensar: o que tem isso demais, além de ser meio, hã, infantil? Eu esqueço que meu vampiro querido não perde uma oportunidade sequer de me zoar. Ele disse que sou muito trapaceira e que não ia contar direito quando fosse a vez dele de se esconder. Eu disse que era ridículo, já que com supervelocidade, supervisão e tudo super que ele tem – incluindo a beleza – não teria problema algum. Zack alegou que o jogo é o mesmo para todos, puxou uma algema sei lá de onde, e me prendeu na árvore. Enquanto eu estava olhando estupefata para a dita cuja, o cara simplesmente desvaneceu no ar. Desapareceu!
Agora, que diferença faz eu contar até 10 ou 1000? COMO RAIOS VOU SAIR DAQUI?
Por enquanto está tudo deserto, mas não demorará até que as aulas terminem e os alunos saiam para tomar um ar ou se dirigir ao refeitório. Sacudi a mão o máximo que pude, mas estava presa a um galho que parecia feito de aço.
Detesto essa árvore, às vezes. Foi a mesma que me deixou despida algumas semanas atrás – bem, não quero narrar o fato, leiam o livro 1 pra saber – e estava acontecendo de novo. O fato de eu passar vergonha novamente, quero dizer.
Olhei ao redor. Nem sinal de Zack. Sádico.
Procurei nos bolsos e encontrei uma lixa de unha. Melhor que nada.
Comecei a tarefa impossível de raspar a madeira da árvore para ver se conseguia retirar a algema. Cada minuto que passava minha raiva pelo vampiro aumentava mais.
– Quando eu pegar você, seu safado, vai desejar nunca ter virado vampiro na vida... vida...que droga é essa que estou falando? Esse cara não tem vida... em todos os sentidos...
Parei de resmungar quando ouvi vozes se aproximando. Vozes estridentes e irritantes de líderes de torcida. Não, não, não...
Agachei-me por trás dos arbustos, mas minha mão ainda ficou levantada no ar, sendo segura pelo galho. Arrastei-me um pouco para o lado, ficando semi-oculta pela árvore e rezando a todos os santos para que ninguém me avistasse ali.
– Estou dizendo, Sheyla – a voz irritante de Linda conseguia lançar seus desagradáveis decibéis aos meus ouvidos – Zack só está com aquela aguada da Jessi porque provavelmente quer matá-la, como dizem os boatos... Lembra daquelas meninas que apareceram mortas? Todos acham que foi ele. Pois pra mim ele está certo, sabe? De limpar seu caminho dessas sem-graça. Ninguém serve para o Zack. Espera... ninguém a não ser eu.
A risada dela me embrulhou o estômago. Eu sei que não foi Zack quem matou... bem, mais ou menos. Mas eu acredito nele.
– Isso foi cruel, Linda – a outra conteve uma risadinha – mas sinceramente, para Zack estar a fim de uma garota que nem a Jéssica... acho que no fundo ela é uma bruxa! É isso! Ela deve ter enfeitiçado Zack para que ele ficasse a fim dela! E pra uma coisa tão incrível assim acontecer, aposto que foi um feitiço daqueles! Aposto que ela teve que fazer um sacrifício enorme!
– Verdade! Aposto que uma hora dessas vamos encontrar um corpo por aí...
De repente fiquei realmente com uma vontade enorme de derramar sangue. Bruxa é seu passado, sua lambisgóia de uma...
– Linda! Sheyla! – gritou uma outra torcedora chegando afobada – Seguimos Zack depois que saiu da aula, mas não o encontramos... Será que saiu com aquela aguada?
– Ele vai matá-la, aposto – Linda revirou os olhos.
– Que nada, ele está completamente enfeitiçado por ela...é um feitiço, estou dizendo!
Enquanto as três passavam alguns minutos decidindo se eu era uma bruxa ou se Zack só pretendia me matar, fiquei pensando em como fazer para afastá-las dali. Meu braço pendurado estava ficando dormente e, a cada minuto que passava, sentia minha roupa mais úmida da grama. Será que Zack não podia cansar de ficar escondido e vir aqui me dar uma mão?
Então foi isso que eu ouvi...alguém gritou: “uma mão!”
Percebi chocada que as três de longe olhavam em minha direção. Engoli em seco, tentando imaginar como elas fariam para tornar minha vida um inferno ainda pior que a educação física. Fechei a boca e cerrei os dentes, já esperando as risadas que iam se romper a qualquer momento.
Mas seus olhares eram de puro terror. Ergui uma sobrancelha. Ai, meu Deus! Será que além de estar presa à arvore ainda havia alguma aranha por cima de mim? Aí seria o fim da picada.
Hahaha – picada.
Então notei que elas não olhavam para o meu rosto completamente embaraçado e vermelho. Fitavam meu braço esticado, preso à arvore por uma algema. Elas acreditavam...
– Um corpo!! – gritou Linda, totalmente histérica.
As três debandaram como se a qualquer momento esse corpo que viram na árvore – o meu – fosse atrás dela para comerem seus cérebros. Que tolice.
Não é como se esse corpo aqui fosse achar algum lá dentro da cabeça delas...
Certo, estou sendo muito amarga. Mas agora que elas já foram, posso respirar aliviada. Zack deve aparecer a qualquer momento porque essa brincadeira já foi longe demais e...
Subitamente percebi que as três pararam na porta da universidade e apontavam a árvore em que eu estava com dedos trêmulos. Congelei quando percebi quem estava atrás delas, tentando entender o motivo da histeria.
– Senhor Anderson...o diretor não! Ai, meu Deus! Como vou explicar isso? – murmurei, tentando com desespero arrancar a algema a todo custo e machucando minha mão sem dó.
– Ai, Zack... olha o que você me aprontou! – resmunguei baixinho, enquanto percebia o diretor caminhar lentamente na minha direção. Eu ainda estava oculta pelos arbustos, mas por quanto tempo?
Quando eu estava quase no seu ângulo de visão, engoli em seco e me ajeitei para levantar e pensar em uma desculpa qualquer que colasse. Afinal, dizer: “Zack e eu estávamos brincando de pique-esconde e ele achou que eu trapacearia na contagem, então me prendeu aqui!” Não colaria. Nem eu acreditaria nisso, mesmo sendo verdade.
Só que segundos antes de eu levantar e o senhor Anderson me avistar, uma pedra partiu a vidraça da porta da frente, fazendo as meninas histéricas da torcida – elas tinham mesmo que gritar por tudo? – se contorcerem em escândalo novamente. Ele voltou correndo pelo caminho que viera e respirei aliviada.
– Ufa... que sorte...
– Sorte? – veio uma voz do alto da árvore – Eu tenho uma pontaria de matar e você acha que foi sorte? Francamente...
Segurei um grito histérico – gente, isso deve ser contagioso – quando avistei Zack sentado num galho mais acima.
– Você... – respirei fundo para não perder a cabeça – estava...aí...o tempo todo?
– Seus talentos de bruxa são tão bons quanto seu talento para caçar vampiros – ele deu um sorriso discreto, dependurando-se de cabeça para baixo em um galho. Com a agilidade de um gato, prendeu os pés no alto e desceu até minha cabeça, fitando-me como o Homem-Aranha e Mary Jane estiveram, segundos antes de trocar aquele beijo famoso.
– Você quase me arrumou uma encrenca daquelas! – sibilei, mas estava aliviada por ter saído da situação. Ou quase, já que ainda estava presa.
– Sua ingrata... – ele disse, com os lábios já bem perto dos meus – pois aposto que adorou ser algemada por mim...
– Não em uma árvore do lado de fora, seu sádico – cortei, virando o rosto um pouco para o lado para que ele não percebesse que corei.
– Se não consegue se livrar de uma simples algema, como pretende escapar das garras do vampiro mais poderoso do mundo? Tipo, eu?
–  Sou caçadora, não ilusionista.
– Mas está conseguindo a incrível proeza de mudar de cor agora...
– É você quem faz isso comigo toda vez que...
Subitamente ele me puxou e finalmente eu troquei o beijo mais famoso do mundo, com alguém muito melhor que o Homem Aranha.
E não, não foi com o Batman.
Quando ele soltou-me levemente, arfei, sem perceber que havia prendido a respiração até aquele momento.
– Isso é terrivelmente... cruel...
– Ah, que seria de sua vida sem minhas crueldades nela? – ele sorriu de lado.
Terrivelmente tediosa, devo admitir.
Zack pulou para o chão com a leveza de um lince e quando percebi a algema estava no chão.
– Como você fez isso? – murmurei, admirada.
– Tenho muitos truques... como os de um ilusionista, você sabe...
Eu o puxei para mais perto de mim e ele pareceu se espantar. Quando sorriu e se preparou para me dar mais um beijo – agora numa posição totalmente normal – eu o empurrei e bati com a mão na árvore.
– Um, dois, três, Zack! Te peguei! Agora tá com você!
Ele deixou o queixo cair, surpreso.
– Você também é cheia de truques! 
– Você não tem nem ideia...
Ele estendeu uma mão para mim e falou com suavidade.
– Então agora você me algema, David Copperfield.
– Está doido? – murmurei, olhando para os lados – Eles vão estar aqui em breve! Aposto que aquelas meninas ainda acham que tem um corpo aqui.
– Ai, já saquei, Jessi. Você quer me algemar lá no seu quarto, entendi perfeitamente.
– Eu não... eu... – minha cara nunca devia ter ficado tão vermelha.
– Se você se esconde tão bem quanto esconde seus hormônios... vou te achar em dois segundos.
Saí para o quarto pisando firme, fazendo de conta que estava louca da vida.
Porque ele tinha acertado em cheio – meu talento pra me esconder é péssimo – mas eu nunca daria esse gostinho de satisfação a ele. Ele já tem gostinhos demais, vamos combinar...  


Vivianne Fair


Espero que tenham gostado! XD

Pra quem quiser acompanhar os outros: 

Todos os contos até 13 aqui!! Clique em 'download comum'

conto 14 ( o natal de Zack)

Pra quem quiser baixar esse conto aqui - conto 20! 


Leia Mais ►

Bela maldade

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Que psicaaaa!!

Bela Maldade - Rebecca James - editora: Intrinseca

sinopse: "Após uma horrível tragédia que deixou sua família, antes perfeita, devastada, Katherine Patterson se muda para uma nova cidade e inicia uma nova vida em um tranquilo anonimato. Mas seu plano de viver solitária e discretamente se torna difícil quando ela conhece a linda e sociável Alice Parrie. Incapaz de resistir à atenção que Alice lhe dedica, Katherine fica encantada com aquele entusiasmo contagiante, e logo as duas começam uma intensa amizade. No entanto, conviver com Alice é complicado. Quando Katherine passa a conhecê-la melhor, percebe que, embora possa ser encantadora, a amiga também tem um lado sombrio. E, por vezes, cruel. Ao se perguntar se Alice é realmente o tipo de pessoa que deseja ter por perto, Katherine descobre mais uma coisa sobre a amiga: Alice não gosta de ser rejeitada..."


Certo...primeiro...credo...nossa! Então...eu achei que esse seria mais um livro de bullying, simples assim. Mas conforme eu ia lendo, vi que a história não se passava dentro da escola não, era um pouco mais adulta (pra falar a verdade eu meio que estava um pouco cansada desse tipo, então fiquei feliz..XD). Quem narra a história é Katherine, e ela já começa o livro falando de Sarah, sua filha de cinco anos e sobre Alice...dizendo que devia ter ido ao enterro dela... é interessante que já no começo do livro, ela meio que conta o final...mas é como naquele livro "A menina que roubava livros" - você sabe como vai terminar, mas quer muito saber como chegou lá! Então não te choca - tanto - embora algumas atitudes da Katherine tenham me irritado. Caramba, a menina era ruim pra você e você ainda tinha pena?? Qual o seu problema??
Tá, eu sou um pouco revoltada com essas coisas, confesso, hehe!

Vamos lá! Katherine carrega um grande peso. Sua irmã foi morta de maneira trágica e, graças à imprensa, sua vida foi meio que destruída. Ela muda de nome, de cidade, de escola...e conhece Alice, uma menina muito simpática, junto com Robbie, um cara tuuuudo de bom, que tem uma amizade meio colorida com a Katherine, mas ama Alice...ele tenta mostrar a Katherine que a menina é má, mas ela não consegue entender. Com o tempo, Katherine acaba contando seu passado aos dois. Só que Alice começa a jogar na cara dela isso, de maneiras cruéis...e quando Kath começa a perceber o quanto Alice é meio louca e tenta se afastar dela...Alice começa a persegui-la de todas as formas...é assustador! 

Katherine narra o livro em três partes: o atual, dizendo que está na Europa, com a filha. Em outros capítulos, como foi no passado, quando perdeu a irmã. E nos outros, o desenrolar da história com Alice. Você não se perde não, acho que a história foi muito bem escrita, de verdade. E conforme ela vai contando coisas do atual, você quer saber: nossa, mas como isso aconteceu? E não consegue largar o livro!

Mas atenção: tem partes realmente chocantes e tristes no livro e você realmente se irrita com Katherine, por tentar ser boazinha...e teve muitas partes que eu quis chorar, e  muito. Alice era cruel demais. E o que ela faz com....bem, não importa. Não vou contar, mas esteja preparado! Claro que não tem nada sangrento não, mas é terror psicológico de alto nível, credo. Se é seu tipo de história, vai em frente! Se não, passa longe! rsrsrs

Jessi: Eu conheço algumas pessoas psicopatas. Algumas delas sugam sangue.

Zack: Sério? Quem?

Jessi: Você não acreditaria... ¬¬

Zack: É, acho que não...não conheço nenhum psicopata. Conheci alguns na minha não-vida, claro. Freddy Krueger era um incompreendido, você sabe. O coitado foi detonado pela imprensa.

Jessi: Eu nunca sei se te levo a sério...



Beijos!

Leia Mais ►

Caçadora tirinha 19 e boas noticias!!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Tá, antes que alguém entre aqui gritando: "até que enfiiim!!" Só quero dar boas notícias antes!!

Uma: O livro da Caçadora 2 já está nas livrarias Saraiva, Cultura e sabe lá Deus quais outras! Então agora que a greve dos correios já acabou - Graças a Deus!!! Pode correr lá e comprar! XP

Duas: Segurem-se....terminei o livro 3!! \o/ Perae, perae!! Vou revisar agora, depois ainda tem um mês para ser feito, ouviu?? Não é assim não..XD Eu vou avisar quando estiver disponivel para venda! Ele está enorme!! Cerca de 400 páginas, ai...foi mal...u.u

Três: Já tenho um monte de tirinhas prontas! Só estão esperando eu terminar de colorir aqui! XP

Quatro: Já comecei o livro do Caçado (a trilogia de Zack) e suponho que pode ficar um pouco maior, mas vamos ver! ;D 

Cinco: Vai haver um conto da Caçadora disponível em breve para quadrinhos...vai ser bem mais barato que um livro, pode deixar! ;D Só que esse leva tempo, okay?

Só coisa boa, né? Então vamos lá:
Essa tirinha já devia ter saído há um tempão, desculpem!!

É uma das vencedoras da promo Recanto da Chefa e Leitora Compulsiva, a Keitty! Espero que goste, Keitty! Desculpa a demora, sério...u.u

Clica pra abrir maior, okay? ;)

 


 
 Mais tirinhas em breve, prometo! =D

Beijokas!!
Leia Mais ►

Blue Bloods 1 e 2

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Até que não é tão mau, não..rs

Vampiros de Manhattan - Blue Bloods - Livro 1 - Melissa de la Cruz - editora: Id

sinopse: "Quando o Mayflower aportou nos Estados Unidos, em 1620, trazia a bordo homens e mulheres que lançariam as bases da sociedade norte-americana. Mas entre os Peregrinos havia também aqueles que não estavam apenas fugindo de perseguições religiosas. Eram os Blue Bloods - um clã que acumulou grande poder e riqueza, tornando-se um dos mais influentes grupos da sociedade de Nova York. Schuyler acabou de completar quinze anos. Veias azuis começam a saltar sob a pele pálida de seus braços. Sente um desejo insaciável por carne crua, e estranhas visões de tempos remotos assombram sua mente. E quando uma garota de seu colégio é encontrada morta, sem nenhuma gota de sangue no corpo, Schuyler não sabe o que fazer. Poderiam ser verdadeiras as histórias de vampiros?


Então, achei que esse livro seria uma eterna repetição das histórias que andam vindo por aí...mas até que achei que foi uma grata surpresa! Claro que vampiros não podiam faltar, mas a história aqui é um pouco diferente. Eles são os Blue Blood, uma raça que não se alimenta exatamente de humanos...mas alguém anda se alimentando...deles!!
O livro se alterna com uma página do que parece ser um diário antigo, da época da colonização, e deixa tudo muito interessante. Conforme o livro vai avançando, os fatos que aconteceram naquela época começam a se encaixar na história de agora.
Os blue bloods não são simples vampiros. São uma raça que tem a opção de morrer e reencarnar ou simplesmente continuar como imortais. Eles renascem com outros nomes e quando são apresentados à sociedade de alta classe - claro, os blue bloods - os seus nomes antigos são revelados.
Schuyler (ô nomezinho, hein?) também parece ser um deles, é chamada para estudar na escola de alta classe, parece sofrer uma série de tranformações que não é só ela que padece, pelo visto...e um cara em particular, o Jack - que não gosto, prefiro o amigo da Shuyler, o Dylan - começa a chamar a atenção dela. Ele tem uma irmã gêmea, Mimi Force. Os dois parecem estar ligados ao extremo, o que pode parecer esquisito à primeira vista, mas como eles renascem, na verdade suas identidades são as mesmas, só os parentescos modificam...Às vezes um é pai, ou irmão, ou primo...é meio estranho, mas como seriam anjos caídos (é, meio viajante mesmo) continuam mantendo suas origens demoniacas ou angelicais, então...

O fato é que Schuyler não é exatamente um deles...a mãe dela está em coma profundo, e seu pai...quem poderá ser? Ela acaba descobrindo que é uma mestiça, então não é um sangue puro...e o que poderá acontecer quando seus poderes despertarem?? Curioso, não?

Esse livro está cheio de enigmas e eles não são muito solucionados agora...só no segundo livro é mais esclarecido...





Blue Bloods 2 - o Baile da máscaras

sinopse: Schuyler Van Alen deseja uma explicação para as mortes misteriosas de jovens vampiros. Ao lado de Oliver, ela viaja a Itália na esperança de encontrar seu avô, o único homem que pode ajudá-la a encontrar as respostas. Entretanto, de volta a Nova York, todas as atenções estão voltadas para o Baile dos Quatrocentos, uma festa exclusiva em que jovens Blue Bloods – entre eles, os gêmeos Jack e Mimi Force – serão apresentados à sociedade dos vampiros. O Baile de Máscaras preparado por Mimi, por sua vez, irá desviar o foco de Schuyler para outros problemas mais urgentes – como as complicações de sua natureza meio humana, meio Blue Blood e a paixão de Jack – e lançá-la em outro mistério que, por trás de uma máscara, colocará a sua vida e a de outros Blue Bloods em risco.


Neste livro, apesar de eu preferir a capa do outro - rsrs - é bem melhor. Os mistérios estão bem mais resolvidos e agora comecei a entender melhor. Fiquei realmente aflita em várias cenas e tem bastante história! Schulyer começa a se apegar bastante com Dylan e Jack - sim, um triângulo amoroso que tende para um lado embora eu prefira claramente o outro!! - e Jack cada vez mais me irrita por essa duvida que ele tem com a Schuyler e a Mimi, principalmente porque esta é uma personagem totalmente insuportável. Certo, mas não pense que o livro é ruim por causa disso! O fato é que todo mundo é um suspeito em potencial...o avô de Schuyler é simplesmente o máximo e ela começa a despertar certos poderes...

Não, não acho que seja igual ao que você já viu, mas certamente é instigante! E a festa dos Blue Bloods foi o clímax...mas não parou por aí...Esse é o motivo da capa feiosa, aliás...é a máscara que Schuyler usa para poder entrar na festa preparada por Mimi, rsrs...
Há muita politicagem envolvida e certos personagens me assustam!! Quer dizer, é claro que eu estava desconfiando, mas...fiquei com uma certa pena! E a história não roda só em torno da Schuyler - quer dizer, não é narrado em primeira pessoa não - e você acaba pensando no que pode acontecer com os outros personagens, especialmente Bliss! Dylan continua sendo um personagem muito fofo e é claro, como toda personagem de sobrenatural, a tendência é cometer algumas burradas, mas a gente perdoa, né? hehe!

Esse foi melhor do que o outro e definitivamente quero ler mais!! 
A série já tem oito livros e aqui está o site oficial da autora!
Amei as capas...achei todas lindas, sem dúvida! (tá, a maioria) mas talvez seja melhor esperar a série sair...ou vai sofrer como eu esperando pelo resto!! rsrs

Zack: Olha só...além de ser gato, esperto, rico...ainda sou blue blood? Bom, não sou muito chegado nessas frescuras de alta-sociedade. 
Jessi: Sim, claro. Você se acha superior de qualquer maneira. Que diferença faz se é dessa ou daquela posição social?

Zack: Tenho motivos para pensar assim?

Jessi: .......tem. 

Zack: :)
 

Leia Mais ►

Rangers - Feiticeiro do norte

domingo, 9 de outubro de 2011

Bonita lição! 

Feiticeiro Do Norte - Rangers: Ordem Dos Arqueiros - Livro 5 - John Flanagan - editora: Fundamento

sinopse: Will terminou seu aprendizado, finalmente se tornou um arqueiro e tem uma tarefa difícil pela frente. Ele fica sabendo que o senhor do castelo de Macindaw, lorde Syron, está com uma doença grave e misteriosa e deve descobrir quem é o responsável pelo mal do soberano. Só que para isso o rapaz vai ter que passar pela floresta Grimsdell, que é assombrada por vozes sinistras e pelo cruel Guerreiro da Noite. Será que Will consegue enfrentar tantos perigos, contando apenas com suas habilidades e sua inteligência?






Pra quem perdeu as resenhas anteriores, aqui estão! Rangers 1 , Rangers 2 , Rangers 3 e Rangers 4! Cada livro é uma aventura completa, com exceção desse...quer dizer, já vi que é dividido em duas partes e vou simplesmente destruir minahs unhas enquanto espero pelo próximo, aiai!

Bem, nessa aventura, Will deixou de ser um aprendiz e agora já é um arqueiro (embora eu quisesse uma descrição de como foi essa cerimônia, mas fazer o quê, né? rs), então recebeu sua primeira missão como formado: cuidar do feudo Norgate. Claro que tem um pepino por lá, né? hehe. Então, o fato é que o rei do feudo foi acometido por uma doença muito estranha...e tudo leva a crer que é a mesma doença que o dono anterior do castelo, há muito tempo atrás teve, após se desentender com um feiticeiro perigoso, que habita a floresta de Grimsdell. Mas desta vez, Will terá que usar um disfarce para poder conseguir informações...e ele será um trovador (uma espécie de músico que alegra tavernas). Melhor ainda, ele será ajudado por sua antiga amiga Alyss (e trocam um beijinho de vez em quando, rsrs, mas bem que podia ser mais que isso! XP). 

Will começa a desconfiar do filho do feudo, que estuda magia negra, vive de preto e com um incrível mau-humor...E o feiticeiro? Que luzes estranhas são aquelas que aparecem nas árvores, afinal?


O livro tem uma bela lição! Ele fala do quanto nós estamos propensos a julgar pelas aparências e ir de acordo com o que os boatos ao nosso redor dizem...Alyss e Will aprendem muito! Desta vez, Halt aparece só em algumas cenas - e me causa dor de barriga de tanta risada - e Horace só no finalzinho, quando está a caminho para ajudar. Quando estava com umas 5 páginas para acabar eu me dei conta que teria uma continuação no próximo livro e comecei a gemer antes de começar a virar as páginas, sniiff...u.u

Claro que vou continuar a acompanhar a série, né? Alguma dúvida disso?? 


Do fundo do coração...acompanhem!! rsrs


Beijos!!



   
Leia Mais ►

Rangers - Folha de Carvalho

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Uau!! Essa série é um arraso!

Folha De Carvalho - Rangers: Ordem Dos Arqueiros - Livro 4 - John Flanagan - editora: Fundamento

sinopse: Depois de semanas de muito frio e comida escassa, Will e Evanlyn vislumbram a primeira chance de continuar com sua fuga. Mas Evanlyn é capturada por um misterioso cavaleiro.
Quando Will parte em busca da jovem princesa, reencontra Halt e Horace. Juntos, eles descobrem os planos dos temujai, um povo guerreiro das Estepes do Leste, que havia reunido um poderoso exército invasor no intuito de dominar a Escandinávia. Halt percebe que a invasão do reino gelado representa somente o início da investida dos temujai, que, certamente, logo se lançariam contra Araluen. Por isso, ele decide oferecer ajuda aos escandinavos.

Gente, mais uma sequência dessa série fantástica!! Os primeiros livros você encontra nessas resenhas aqui:  Rangers 1 , Rangers 2 e Rangers 3
Mesmo que você pense: "Aah, mas Vivi, é mais uma daquelas séries intermináveis que eu nem quero começar...." eu acho que você deve considerar, sabe? Primeiro, é uma fantástica série medieval, com aventura, ação, nervosismo e comédia...sério, eu tinha algumas palas de riso com o livro! Sem contar que Will é um protagonista fantástico e Halt, o treinador de Will é o máximo! Tá, concordo que Horace foi totalmente divertido também..rsrs

Este livro roda em torno de Horace e Halt procurando o Will e metendo-se em encrencas e Evanlyn e Will tentando voltar pra sua terra. Agora que Will recuperou a consciência, ele se mete um em uma nova encrenca: Evanlyn foi caçar e foi capturada. Desta vez por uma tribo muito perigosa!!


Halt e Horace o encontram no meio do caminho (cena megamente fofa!) e o ajudam a resgatá-la. Mas ainda tem um problema ainda...essa tribo é tão perigosa que eles tem que ajudar os escandinavos- seus ex-captores a vencê-los ou eles podem chegar a Araluen,a terra dos heróis do livro!!


Esse livro é de uma estratégia de guerra impressionante! Fiquei impressionada com a sutileza dos personagens, cada qual com sua própria personalidade e temperamento...acabei me simpatizando ainda mais com Erak!! E caramba, nunca pensei que estratégias de guerra fossem tão impressionantes...rsrs
E a volta de Halt foi totalmente demais, mas o finalzinho, bem...eu esperava mais do final de Will, confesso. Mas o livro foi totalmente demais!!


Série recomendada!! Não fiquem pé atrás não...eu amo de verdade e recomendo, viu?? Beijoos!!
 
Leia Mais ►

Guardians volume 2

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Uau, continuação ótima!

 Guardians - Volume 2 - autora: Luciane Rangel - editora: Lexia

Pouco a pouco, as verdades escondidas pela antiga geração de Guardiões vão sendo reveladas. Mas, quando o grupo atual parecia estar se organizando para finalmente lacrar a barreira, mais uma das sórdidas armadilhas de Kuro consegue, afinal, desestabilizar o grupo, pondo tudo a perder. Agora, os Guardiões encontram-se separados, com quatro deles – incluindo a antiga Guardiã Sofie Gautier – presos no Mundo Youkai. Portanto, mais do que nunca, o grupo que permaneceu na dimensão humana precisa unir suas forças para resgatar seus companheiros e finalmente lacrar a barreira. Porém, além dos acontecimentos que incidem contra eles, o tempo é curto e, se não correrem, logo poderá ser tarde demais. Todos lutam por aqueles em quem acreditam. E você? Está lutando por quem?

AAah, a Lu continua me surpreendendo! Essa sequência é ótima!! Pra quem perdeu a primeira parte, encontre aqui!  Não vou ficar repetindo a história não, dá uma olhadinha aí para poderem entender direito..rs

Encontrei a Luciane Rangel lá na Bienal...e acabei trocando um dos meus livros com o dela, porque estava mesmo curiosa - adquiri muitos poucos na bienal. Não me arrependi nem um pouco! Essa continuação - que é uma trilogia, então vale a pena adquirir porque ela lançou já o terceiro!! - tem muito mais ação e explicação que o primeiro. Quando li já fazia algum tempo, então tive que correr no site da Lu pra relembrar os personagens (ainda bem que ela tem um perfil de cada um, então me recordei rapidinho).

O foco não é só em um personagem, então a Lu dividiu em várias partes para você poder acompanhar com cada um. Fiquei impressionada com a qualidade da escrita e com a fofura e detalhe dos desenhos em algumas páginas...Lu e Ana, vocês estão de parabéns. 

Não sou de puxar saco só porque é literatura nacional não. Isso seria ridículo. se elogio, é porque estou sendo sincera.

Bom, neste livro a verdade sobre a origem de Anne e Hikari são revelados (epa, eu totalmente já sabia, hehe, mas fiquei surpresa ainda assim). Muitos personagens me surpreenderam e muitos me decepcionaram, mas acho que era isso mesmo que a autora quis mostrar.

O portal do mundo dos youkais está sendo aberto, e os guardiões não serão capazes de trancá-lo...e agora? Para piorar a situação, Hikari não despertou os poderes e Anne é sequestrada! Hayato se torna um total cretino e...os guardiões são separados em um golpe do mundo youkai, sendo que alguns vão parar em outros lugares, sem sinais, e outros para o mundo youkai!!

Bem, apesar de ter desenhos, essa é uma temática adulta, já que tem partes que são um pouco violentas, sensuais e pesadas...então acima de 16, okay?

Só tenho que dar os parabéns. Os personagens estão bem ligados, a escrita flui muito bem e os mistérios estão bem resolvidos, ao menos por enquanto. É claro que me decepcionei horrores com a Hikari - só vai saber quem leu o livro, e achei que não foi muito legal não...e Hayato, sempre achei ele um bocó mesmo, hehe! O foco principal do livro foi a relação entre Maire e Micaela e acho que foi um pouco explorada, às vezes um pouco demais, mas não perdeu-se a atenção do livro, não. Só achei que podia ter um pouco mais do passado dos outros personagens também, e não girar tanto em torno das duas. 


De qualquer forma, esse é um dos livros nacionais que eu mais gostei! Trilogia muuito recomendada mesmo! Vão sem medo!!


Site da autora, pra quem não viu ainda!!
Guardians!

 Parabéns para a Luciane Rangel e a Ana Cláudia!! ^^
Sinceramente não sei quem é o mané que disse que o livro é uma cópia de Cavaleiros do Zodíaco...primeiro porque não tem absolutamente nada a ver. Segundo porque entendo muito de mangás e animes e achei a história bastante realista algumas vezes e original. Se foi inspirada em algumas coisas, e daí? Afinal, nada é totalmente original, né? E achei a história bem legal! Quem disse isso, definitivamente não leu o livro....u.u

Beijos!
Leia Mais ►

Promoção Herdeiro da Escuridão!

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

É isso aí!! A Fundamento quer sortear aquele livro super legal que fiz resenha aqui no site! Confere aqui, olha!
Então não perca a chance!! Desculpa eu estar meio atrasada com as promos, viu? Vou ver se coloco pelo menos umas duas cada mês, okay? 


É bem fácil de participar e ganhar esse livro muito legal!

                         Como participar?                           

Super simples! Siga as regrinhas abaixo e boa sorte!!

1- Ser seguidor do blog; só clicar na caixinha ao lado, onde diz "seguidores" - basta ter uma conta no yahoo, gmail ou twitter! clique em 'seguir publicamente' e pronto!

2- Fazer um comentário nesse post dizendo: "A curiosidade matou o gato, mas eu quero esse livro ainda assim!" (se tiver dificuldade para comentar no post, poste como anônimo e coloque seu nome no post!)

3- Preencher o google docs aqui abaixo!! Só pode preencher mais de uma vez se for com link de divulgação!! Ò_ó Senão Cancelo mesmo!!

4- Se for divulgar no twitter, a promo é válida a cada 1 hora de distância de um comentário pra outro, tá? Poste o link que diz "seconds ago" logo abaixo do seu comentário! Poste isso aqui:

Eu quero conhecer o Herdeiro da escuridão!! Uma Promo do Recanto da chefa e da @ed_fundamento !! http://t.co/kLZxgdUN 

5- Se for divulgar em blogs, o banner é esse aqui!


Agora é só preencher o formulário abaixo ou clicar aqui! =)







                         Quer ter mais chances?                                            

1- Se seguir a mim ou a Editora fundamento no twitter, pode preencher o formulário mais uma vez! 

2- Se seguir o Recanto da Chefa no skoob, pode preencher outra vez!

3- Se for sócia do fã-clube do zack - vide carteirinha lá embaixo do post - ponha o número de identificação com seu nome na parte que diz 'divulgação' e preencha outra vez o formulário!


4- Se curtir a página do Facebook da editora Fundamento pode preencher a página mais uma vez!!



                                  Resultado!                                                        
  
O resultado vai sair pelo random.org e vai ser postado aqui! Começa hoje dia 03/10 e termina dia 03/11! Divulgue bastante e boa sorte!!!


Beijoookas!
Leia Mais ►

Não sou esse tipo de garota

domingo, 2 de outubro de 2011

Me fez questionar algumas coisas...até mesmo algumas amizades...

Não Sou Este Tipo de Garota - Siobhan Vivian - editora: Novo Conceito

sinopse: Perversa ou inofensiva? Confiável ou hipócrita? Controlada ou insensata? A vida é sobre suas decisões e escolhas, e Natalie Sterling se orgulha de sempre fazer as melhores. Ela ignora os caras populares e babacas da escola, sempre ganha medalhas de honra e está prestes a ser a primeira estudante jovem a ser presidente do conselho estudantil em anos. Se apenas todas as outras garotas fossem tão sensíveis e fortes. Como o grupo de novatas que querem ser brinquedos dos jogadores de futebol. Ou sua melhor amiga, que tomou uma decisão idiota que quase arruinou sua vida. Mas ser sensível e forte não é fácil.  A linha entre o certo e o errado foi distorcida, e cruzá-la poderá resultar em um desastre… ou se tornar a melhor escolha que ela já imaginou fazer.

Antes, eu queria muito agradecer à Novo Conceito a caixinha linda que vem junto com uma bonequinha pra cortar...foi muito adorável, de verdade. Bem, olhando a capa, eu tentei julgar quem seria a personagem representada aí, mas então decidi por nenhuma. Acho que pega simplesmente algumas personagens aleatórias e as coloca aí para dar a entender que podia ser qualquer uma...
Então, a história fala de Natalie (primeira pessoa) que eu acredito ser uma feminista de primeira! rs...Ela é uma menina que é mais ou menos popular que concorre a presidente do Conselho estudantil. A sua cabeça é bem pra frente: assim que terminar a escola, quer viajar pela Europa, ir pra melhor universidade possível e ter tudinho planejado. Ela evita todo tipo de problema e confronto, e isso inclui, claro, meninos. Ela é muito revoltada com eles, mas não porque sofreu alguma coisa em si, mas porque viu muita coisa acontecendo. Não confia em ninguém, e só tem uma amiga na vida, a Autumn. De repente ela recebe algumas calouras, entre elas uma menina bem sem vergonha da qual já foi babá. 
Durante um seminário sobre o poder e independência feminina que Natalie organiza na escola, Spencer, a menina, rouba a cena e explica o poder da sedução das mulheres para deixar os homens aos seus pés. Claro que nada foi do jeito que Natalie queria!

Interessante foi ver ao longo do livro que, antes você estava com a Natalie...depois você se via dividida...Natalie é tão desconfiada e difícil que ela acaba afastando todo mundo e de repente você começa a dar mais valor para outras pessoas que ela não confiava...Natalie se preocupa demais em manter as aparências!! Chega a irritar, mas acho que me identifiquei meio com ela nos meus primeiros anos...engraçado, né?

Claro que tem um romancezinho...e que Nat quase coloca tudo a perder por causa da sua desconfiança. Eu acabei me questionando, sabe? Fiquei pensando em algumas amizades que tenho...e esse livro me fez ver muitas coisas! Acabei vendo que algumas vezes eu agia como Natalie...ou que algumas pessoas agiam como Natalie comigo! rsrs...engraçado, não?

Zack: Jessi, você é esse tipo de garota?

Jessi: De que tipo de garota estaríamos falando exatamente?

Zack: O tipo de garota que eu gostaria de ter?

Jessi: De ter? Ora, francamente, você não tem direito sobre as mulheres, senhor Zack! Como assim você as trata como se fossem propriedades? É bem típico de...

Zack: Aaah, você é exatamente meu tipo de garota! 
Jessi: Jura??

Zack: Só não é o tipo certo de caçadora, sabe? O tipo que mata! 

Jessi: Eu podia realmente ter dormido sem essa.

Resumindo, acho que o livro é uma bela lição. Fala sobre perdão, aceitação... bonito, gostei! =)   
Leia Mais ►
Tecnologia do Blogger.