Conto 16 - a caçadora

quinta-feira, 10 de março de 2011

Amo esse conto!! kkkk





Conto 16 – Jessi e Zack, personagens do livro A Caçadora
Autora: Vivianne Fair


Bom, ao menos a noite tinha começado tranquila. Estava eu aqui escolhendo meu vestido perfeito de caçadora para estrear na próxima aula – porque convenhamos, hoje a noite está linda para sair matando vampiros por aí.
Hum, também está linda demais para ficar numa sala de aula, mas depois eu penso em alguma coisa...
As batidas fortes e desesperadas na porta distraíram-me da escolha delicada do meu figurino. Parecia que alguém estava com muita raiva da minha porta – ou de mim, vai saber. Fiquei um pouco nervosa e, embora eu tenha tentado colocar um pouco de imposição na minha voz, ela soou esganiçada demais para assustar quem quer que seja.
– Q-quem é?
– Abre! Abre, Jessi, rápido!
Zack? Por que ele estava tão aflito? Justo o vampiro mais poderoso que eu conheço (certo, não conheço mais nenhum, mas ouvi falar que Zack seria o mais poderoso de todos)? Meu Deus! Deve ser o apocalipse lá fora! O minotauro dos livros do Percy, é isso! Estou frita, perdida, morta!
Eu não posso deixá-lo lá fora com essa ameaça à solta... depois eu penso num motivo válido.
Abri só um pouco a porta, mas ele a empurrou completamente e se jogou para baixo da cama, como se estivesse sendo perseguido pelo próprio capeta.
– Que isso, Zack? – bati a porta desesperada e passei o ferrolho só pra garantir – Do que você está com medo?
Não sei por que, mas só de pensar em algo que mete medo em Zack me faz quase querer trocar de roupa para não sujar meu vestido novo...
– Elas estão aí fora? – ele gemeu debaixo da cama.
– Elas?
– As loucas desse fã-clube que andou se formando... eu gostaria de saber como isso aconteceu!
– Você está com medo das suas fãs, é isso?
– Elas são terríveis! Fangirls enlouquecidas!! Elas tentaram arrancar minhas roupas!
– Ai, por favor, Zack... não pode culpá-las, não é, querido?
– Jessi, você tem que me ajudar!
– Eu? – ri alto – Até parece! Você está sempre me sacaneando; se vire com seus próprios problemas, querido!
Ele fez uma cara de horror embaixo dos meus lençóis; estava realmente fofo e hilário.
– Você vai abandonar seu vampiro favorito à mercê de fãs sanguinárias?
– São vampiras?
– Não.
– Então não são tão sanguinárias assim.
– Jessi, pelo amor de Deus! Você tem que fazer alguma coisa! Acredita que elas têm números e carteirinhas? A última que esbarrei era a fã número 250! Consegue imaginar quantas dessas malucas existem?
– Como é chato ser gostoso, não é, Zack?
De repente ouvi uma batida na porta e o vampiro gemeu.
– Tudo bem, Jessi – ele suspirou – eu vou enfrentá-las. Acho que você realmente é mais forte... não se importa com o fato das meninas me agarrarem, me morderem, arrancarem minhas roupas...
– Certo, Zack, fique aí embaixo enquanto eu dispenso as doidinhas.
Não consigo entender. Qual o problema do – suposto – vampiro mais poderoso do mundo em se livrar de um punhado de fãs ensandecidas?
Abri a porta com o sorriso mais animado que consegui.
– Boa noite, queridas! Estão procurando alguma coisa?
Eram quatro delas. Todas usando camisetas pretas com uma foto de Zack, belas, arrumadinhas e com um olhar psicótico na face.
– Vimos Zack entrar aqui – a loira respondeu – e queremos que você nos entregue nosso ídolo.
– Acho que estão enganadas, queridas. Zack passou correndo aqui, pulou a janela e fugiu. Vocês o estão assustando. Ele aprontou alguma, por acaso?
Elas se entreolharam.
– Acho que ela está mentindo, Gabriela.
– Também acho, Katie – respondeu uma menina negra franzindo o nariz – Acho que ela não sabe dividir.
– Agora escutem aqui, garotas – me irritei, cansada de ser chamada de mentirosa quando na verdade sou – eu já disse que ele não está aqui. Agora peguem o seu fã clube do mal e sumam daqui porque eu tenho mais o que fazer.
De repente uma delas pega o celular e parece ler uma mensagem em silêncio.
– Ele foi visto saltando o muro do outro lado do jardim. A ruiva diz a verdade. Vamos!
Elas saíram correndo feito loucas e eu ainda gritei atrás delas:
– Claro! E vocês me devem desculpas, moças!
Fechei a porta furiosa. Primeiro sou chamada de mentirosa e depois Zack não acredita que minha mentira vá convencer as meninas. É muito desaforo.
Joguei um casaquinho quente e corri atrás delas. Realmente elas tinham um olhar decidido; acho que meu vampiro tinha razão por temê-las.
As garotas estavam por todo o jardim. Algumas carregavam pedaços de pau; nem mesmo as líderes de torcida atreviam-se a chegar perto – embora houvesse algumas delas no grupo. Com certeza, se fossem vampiros arrancadores de cabeça Zack saberia se virar, já essas meninas são imprevisíveis. Mandei uma mensagem de texto para ele.
“Você está bem? Onde está?”
Recebi a resposta instantes depois e procurei abafar o som. Nunca se sabe. Misturei-me com elas e fiz de conta que o procurava – sim, era realmente o que eu estava fazendo, mas não com aquele brilho violento nos olhos – para que não desconfiassem de mim. Quando consegui a oportunidade, dei uma olhada na tela.
“Estou encurralado. Não quero voltar ao meu quarto, senão elas descobrem onde é. Estou no laboratório.”
Ele tem razão. Tenho medo de imaginar o que elas poderiam fazer no quarto dele. Virei para a menina ao meu lado, vasculhando pegadas na grama.
– Então, quando foi que tudo isso começou? Vocês estavam no armário e resolveram sair todas ao mesmo tempo? Pensei que o fã-clube mantinha-se secreto.
– Sim, é verdade – admitiu ela, sem tirar os olhos dos arbustos – mas achamos que Zack está escondido demais. Está há muito tempo sozinho e após uma reunião secreta resolvemos atacar esta noite.
Reunião secreta? Eu não fui informada, que absurdo.
– Atacar por quê? O que ele fez de errado?
– Ele precisa se decidir por alguém. Como não decide, nós vamos ver quem o alcança.
– Ah, como uma corrida...
Não tive coragem de dizer que eu chegara primeiro. Sabe-se lá que armas essas meninas usam. Em vez de água benta, soda cáustica.
Segui discretamente para o caminho fechado no jardim para o laboratório. Estavam ocupadas demais para notar a minha presença – ou minha presença realmente não desperta a atenção de ninguém. O corredor estava escuro; provavelmente os alunos não psicóticos já estavam dirigindo-se para as aulas. O que me faz lembrar que também deveria.
O laboratório estava escuro e assustador. Senti um calafrio ao percorrer o recinto, mas fiz de conta que era corajosa e entrei.
– Zack – sussurrei, tentando manter-me calma – Zack, você está aí?
Uma figura branca ergueu-se do outro lado da sala e correu em minha direção tão rápido que conseguiu cobrir minha boca a tempo e evitar meu grito de mandrágora.
– Psst! – fez Zack ao meu ouvido – Assim você vai atraí-las para cá!
Ele estava vestindo um jaleco branco, provavelmente para tentar se disfarçar, mas aqueles belos olhos naquele rosto de tirar o fôlego o entregariam rapidinho.
– Zack, não pode manter-se aqui pra sempre.
– Como não? É só você me trazer sangue umas duas vezes por dia, eu me escondo ali naquele armário, lavo minhas roupas no lavabo ali atrás...
– Zack, esqueça. Você tem que aprender a enfrentar seus medos.
Ele ergueu uma sobrancelha. Eu sei que é ele quem normalmente me diz essa frase, mas não pude resistir em jogar isso na cara dele.
– Francamente, o que é o pior que elas podem fazer? Você já está morto!
Ele acenou fracamente com a cabeça. Com certeza devia estar imaginando que preferia estar enterrado.
De repente a porta abre com um empurrão estabanado e muitas figuras aparecem paradas na porta. Outras estavam do lado de fora, aguardando a vez.
– Eu disse que ela estava mentindo! – gritou Katie – Ela quer Zack só pra ela!
Meu vampiro subitamente ergueu-se, ficou atrás de mim e torceu meu braço levemente soprando em meu ouvido para cooperar com ele.
– Para trás! Senão eu mato a amiga de vocês!
– Pra começo de conversa, a gente não liga – disse Gabriela, com desdém – e em segundo lugar, você é perfeito demais para fazer maldades.
Aí é que está o problema. Bad boys também podem ser considerados modelos de perfeição.
– Bem, vocês só sabem que sou lindo e forte – ele retrucou – como sabem se sou uma boa pessoa? Posso matá-la e a todos vocês! Já viram o meu histórico da universidade?
O silêncio reinou algum tempo. Elas começaram a entreolhar-se e eu relaxei um pouco nos braços de Zack. Ainda estava um pouco tensa, mas era por causa do corpo dele colado no meu.
De repente uma delas deu um risinho.
– Se você for tocar em mim, eu não me importo!
Então todas as outras também começaram a dar risinhos e olhadinhas.
– Eu também não!
– Nem eu!
Doentes.
Zack suspirou. É tão mais fácil para ele lidar com zumbis, vampiros, assassinos. Mas garotinhas estão fora da sua jurisdição. Já eu não sei lidar com nada.
Lentamente desvencilhei-me dos braços de Zack.
– Escutem, meninas... vocês gostam mesmo dele, não é?
Elas acenaram com olhos brilhando.
– Vocês sabem que nós deixamos aqueles que amamos fazerem suas próprias escolhas, certo?
Elas acenaram novamente e Zack começou a fitar-me intrigado.
– Neste caso, vocês também acatariam os desejos dele porque o amam e o querem feliz... concordam?
Elas se entreolharam, mas continuaram balançando a cabeça.
– Então se ele já estiver namorando alguém...?
Elas me fitaram horrorizadas e Zack engasgou.
– Como assim? Ele não pode! – elas protestaram com veemência – Nós a mataríamos!
– Vocês têm que deixar – insisti, calmamente – se realmente querem que ele seja feliz, certo?
Uma cutucou a outra.
– Bem – replicou a mais alta – se ele tiver alguém, nós aceitaríamos, mas nunca o vimos com ninguém...
– Se ele disser que está com alguém, nós o deixaremos em paz...por enquanto. Então ele tem que nos dizer quem é e manteremos distância. Até ele largar a lambisgóia.
Olhei para Zack. Ele coçava a cabeça, talvez analisando a situação.
– E então, Zack? Você tem alguém?
As meninas fitavam-no com expectativa. Eu também, tentando imaginar a desculpa que ele daria. Subitamente ele envolveu minha cintura e me puxou para ele.
– É claro que é a Jessi! Sou louco por ela! Agora vão embora!
Eu engasguei. Agora era o meu na reta! Será que ele fez isso de propósito? Claro que eu estava esperando uma reação assim, afinal se ele dissesse o nome de qualquer outra lambisgóia seria eu que pularia no pescoço dele. Mas também pensei que ele inventaria um nome qualquer. Não que admitiria que gosta de mim... será que gosta mesmo?
Elas mantiveram o brilho assassino por alguns segundos, mas depois relaxaram.
Katie sacudiu a cabeça.
– É sempre assim... se o cara é lindo demais ou é gay ou já está comprometido...
Normalmente penso a mesma coisa.
Elas começaram a se retirar resmungando, e em alguns minutos Zack e eu estávamos sozinhos no escuro de novo.
– Nossa, Jessi, você pensou rápido! Não sabia que isso as convenceria, mas enfim, que alívio!
Só balancei a cabeça, ainda atônita com o que acontecera.
– Hum, Zack?
– O que foi, safadinha?
– Aquilo foi sério?
– Claro que foi! Não viu que elas estavam tentando me comer vivo?
– Não foi isso que eu quis dizer e você sabe!
Ele deu um meio sorriso aproximando-se de mim e pegou em minha mão levemente.
– Você sabe que eu...
Prendi a respiração, mas a continuação da frase não veio. ‘Eu’ o quê? Por que ele não termina a droga da frase?
Só então eu percebi que Zack fitava algo que havia caído do bolso do meu casaco e estava agora brilhando levemente no chão. Essa não. Eu nem me lembrava mais daquele troço e me senti terrivelmente culpada. Totalmente. É hoje que ele me mata mesmo. Eu sei. Era uma carteirinha de fã, e nela estava escrito:

Fã-clube Zack Redpath
Jéssica – fã número 0 – fundadora

Vivianne Fair



 Agora Zack enlouquece...XD





Comentários no Facebook
32 Comentários no Blogger

32 comentários:

  1. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk......
    Tipo, Até que enfim saiu! =D
    Jessi malvada! Fundadora né!
    Kkkkkkkkkk... Ri de mais!

    ResponderExcluir
  2. eeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
    Vivi ate que enfim..rsrsrs
    vo baixa agora mesmo
    to louca pra descobri que historia e essa da jessi fundadora que a rah falo

    ResponderExcluir
  3. Nossaaa, Acho bom ela correr e rapidooooo, pq o proximo que vai estar com um brilho sanguinário nos olhos será ele kkkkk'

    ResponderExcluir
  4. Kinha: hahaha, cuidado com os spoilers...XDDD

    Thayse: Com certeza ela vai malhar agora..heuheue..XDD

    ResponderExcluir
  5. aleluia, aleluia, aleeeeluuuuiiiiiaaaaaa
    finalmente. pensei que meus dias iam ficar sem uma boa leitura, mas finalmente encontro uma nova inspirarão. valeu não aguentava mais esperar.
    um abraço. amo por seus contos.nao demore pro proximo, pensando melhor.... demore. assim nos ficamos mais curiosos e isso ajuda na leitura e a alegria é maior. kkkkkkk
    bj

    ResponderExcluir
  6. Aí Vivi!!! Conseguiu um tempinho foi?
    kkkkkkkkkk...
    Amei o conto!
    Agora fala das fãs doidinhas e ensandecidas, Jessi!
    rs
    Bjssss

    ResponderExcluir
  7. Nataly: aai, desculpa..rsrs você é muito fofa!! Aaaw, muito obrigada pelo carinho!! ^^

    Letty: hahaha, consegui sim, ainda bem!! Pois é, ela não tem muito direito de falar! XDD

    ResponderExcluir
  8. Ahhhh!!!! Eu vi agora!!!! Baixando pra ler!! =D

    ResponderExcluir
  9. Fã N.º 0 Fundadora!!!! Hahahahaha!!!!! O Zack mata ela hj!!!!!

    ResponderExcluir
  10. kkkkkk! ameeeii vivi ta muuito legal! ^^
    Heey diz aaii vivi tem dezenhinho do Zack em baixo da coberta da
    Jessi!??

    ResponderExcluir
  11. Aiii que dó da Jessi!! Por dois motivos: A frase incompleta e a vingança do Zack que provavelmente virá...Mas adorei o conto, como sempre, ótimooo!
    bjOs, Vivi!

    ResponderExcluir
  12. AI MEU DEUS AMEI,IR HORRORES A JESSI E UM MAXIMO MESMO!!!!!!!!!!
    Fã N.º 0 Fundadora!!!!AKKAKAKAKKAKA

    ResponderExcluir
  13. KKKKK
    amei como amei todos os contos :D
    -looker modo off
    saindo pela primeira vez do anonimato
    Adoro suas criações,mas não vou mentir: a melhor mesmo é a de zack e jess
    *---*
    -By Carol

    ResponderExcluir
  14. eeeee, que bom que gostaram! Fico muito contente!! ^^ Amo os comentários de vocês, viu? Aah, Jessi é meio sem noção, né? X3
    Hum, mais desenhos, vou tentar! ^^
    Bem vinda, Carol!! ^^

    ResponderExcluir
  15. Hahahhahahaha,
    Ri muito!! E depois fui conferir se a minha carteirinha de fã nº 02 estava bem guardada!!! hahahahahhaa
    Beijos
    Camis

    ResponderExcluir
  16. hahaha, que bom! XD Depois da Jessi e de mim vc é a outra fã lunática..XD

    ResponderExcluir
  17. ah, jessi! escondendo o ouro hein?!
    kkkk, adorei!
    zack, se esconde no meu qurato q ngm t acha ^~

    p.s. eu sou a tsuki ^^
    bjs!

    ResponderExcluir
  18. oi vivi,amo seus contos e a Jessi Fundadora ai amei!!!!!!!!!!!!!!
    beijos
    Gy...

    Ps:Qual será a vingança de Zack?
    XD

    ResponderExcluir
  19. tsuki: hauhaua, mas esconder no seu quarto não seria perigoso também? =3 haha, beijos!! =**

    Gisely: hahaha, obrigadaa! XD Jessi é terrível! Vixe...que medo!

    ResponderExcluir
  20. IOSHIOSDSDIOHSDIOHDSIOHSDIOHSDIOHSDIOHSDIOHDSIOHDSIOHDSIODSHIODSHIOSDHIOSDHIODSHIODSHIDSHIOSD morri com esse conto. Jessi fundadora foi a melhor hehe

    ResponderExcluir
  21. hahaha, tem gente que não tem medo do perigo, né? =3

    ResponderExcluir
  22. Zack se precisar pode econder no meu quarto, eu não ligo...rsrs..Coitada da Jessi, eu não quero estar na pele dela, a vingança do Zack será terrível..probrezinha...Jessi, foi uma personagem super alto astral, que gostava de fazer compras e ler bons livros...que descanse em paz.
    Vivi, saudade de você..adoro os seus contos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  23. Pois é, acho que todo mundo já sabe o fim da Jessi....=p Que pena, era uma personagem divertida! ^^ Também tava com saudades, Pri! ^^ Obrigada! beijos!

    ResponderExcluir
  24. Vi, ficou incrivel!!!! KkKkKkK' Jessi também apronta hein? rsrs Finalmente ela deu o troco. XD

    Muito, muito bom *.*

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  25. Aah, que bom que gostou, Day! ^^ hahaha, verdade! XD obrigada!! Beijoos!

    ResponderExcluir
  26. Coooooorre Jessi! kkkkkkkkk
    Morri de rir! Claro q a Jessi tinha q ser a fundadora né?
    Só quero ver o q o Zack vai fazer com essa informação...¬¬
    AMEI!!!

    ResponderExcluir
  27. hahahaha, ela não presta mesmo, né?? XD Eeeh, que boom! ^^

    ResponderExcluir
  28. O_O' Jessi é a fundadora?? e nem sabia da reunião? LOL
    Mas essa pessoa é incompetente até pra isso, gente, que coisa! :P
    Poxa, fiquei curiosa pra saber o que o Zack ia dizer... rs
    Amei como sempre, e eu tinha esquecido de comentar. Sorry!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  29. Mulher desinformada, né?? hahaha! Vai ver o grupo é muito desunido!! rsrs Provavelmente Zack só correu atrás dela com alguma panela de molho de tomate...hehehe! Obrigada, Debee!!! ^^ Beijoos!!

    ResponderExcluir
  30. kkkkkkkkkkkkk ai ai, essa foi boa, pelo menos ela também tira onda com a cara dele

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.