Geekerela - resenha

domingo, 17 de setembro de 2017

Que livro fofo!!

Geekerela - editora: Intrinseca - autora: Ashley Poston

sinopse: "Um divertido romance que traz a clássica história de Cinderela para os dias de hoje. 
Quando Elle Wittimer, nerd de carteirinha, descobre que sua série favorita vai ganhar uma refilmagem hollywoodiana, ela fica dividida. Antes de seu pai morrer, ele transmitiu à filha sua paixão pelo clássico de ficção científica, e agora ela não quer que suas lembranças sejam arruinadas por astros pop e fãs que nunca tinham ouvido falar da série. Mas a produção do filme anunciou um concurso de cosplay numa famosa convenção valendo um convite para um baile com o ator principal, e Elle não consegue resistir. Na Abóbora Mágica, o food truck vegano onde trabalha, ela encontra a ajuda de uma amiga cheia de talentos para moda que vai criar o traje perfeito para a ocasião. Afinal, o concurso é a chance de Elle se livrar das tarefas domésticas impostas pela terrível madrasta e das irmãs postiças malvadas. "

Eu tenho que dizer que essa leitura foi uma delícia! Elle é bem Cinderela mesmo. Aceita tudo o que fazem com ela e, é claro, esse tipo de atitude cansa em qualquer personagem. Entretanto, você vê que ela tem sua própria maneira de dar a volta por cima. 
Elle vive com sua madrasta e suas duas meio irmãs. O pai era bem "nerd" como Elle, e era uma coisa que a madrasta de Elle não suportava. Gostavam de convenções, cosplays, séries etc. 
Tenho que dizer que me identifiquei DEMAIS com Elle! Não pela parte dela ser meio mosca morta (hahaha) mas sim por ser nerd. Tudo o que ela falava eu já sabia o que era ou do que se tratava...rsrs

Elle é perdidamente apaixonada por uma série de televisão no estilo Star Trek, chamada Starfield. Ela descobriu que vão fazer um filme sobre ele e está ansiosíssima para saber quem será o incrível herói da confederação Carmindor. Entra em choque ao saber que é um ídolo pop, Darien Freeman, que só consegue o papel por ser um rostinho bonito. Revoltadíssima, escreve em seu blog nada popular o quanto está decepcionada.

Por outro lado, Darien também conta a história, os capítulos se alternando - amei isso - e sua versão mostra que ele também é fã de carteirinha de Starfield. É obrigado por contrato a fazer de conta que não conhece bem a série e está querendo aprender. Só que tem que suportar todo tipo de ataque dos fãs da série...deu uma peninha! 

Elle trabalha no Abóbora Mágica, uma food truck vegana, com sua colega de trabalho anti-social, Hera. Hera é bem difícil no começo, mas conforme vai passando o tempo, você descobre o quanto divertida - e louca - ela é. 

Elle decide então participar do concurso de cosplay que dará uma grande quantia em dinheiro e a chance de ir ao baile com Carmindor - embora tudo o que Elle realmente queira é poder arrumar o dinheiro e sair de casa de uma vez por todas.

Gente, não tem como eu descrever  e não quero dar mais spoilers! Esse livro virou meu amorzinho - E ri muito nele. Uma das melhores e atuais histórias da Cinderela que eu já tive o prazer de ler e, olha, você não vai se decepcionar. Mas, é claro, eu me identifiquei muito com os personagens. Eu sabia exatamente quando eles mencionavam maneiras de fazer o cosplay, inclusive mencionando worbla ou wonderflex...hahaha 

É claro que o livro é previsível e você logo percebe quem faz o quê na história - quem é a fada madrinha, o príncipe, as irmãs feias (que não são feias), a madrasta - que é um porre mesmo!) e o sofrimento de Elle por causa dos pais. Mas, apesar de tudo, o livro é bem leve e solto - não consegui parar de ler!

SUPER RECOMENDO! 

Jessi: Ai, quem me dera encontrar minha fada madrinha...

Zack: Pra quê? Ela te descolar um sapato folgado que cai em qualquer lugar?

Jessi: Ai, Zack, lógico que não! Para ela me arrumar um vestido maravilhoso e eu pudesse chegar naquela carruagem a-r-r-a-s-a-n-d-o na festa!

Zack: Não esperava nada diferente de você!  
  


      
Comentários no Facebook
3 Comentários no Blogger

3 comentários:

  1. VIVI!
    Releituras são sempre muito boas de serem lidas e se essa é uma da Cinderela contemporânea, deve ser interessante.
    Acredito mesmo que a autora ficou mais focada nas malvadezes e deveria explorar mais o romance.
    Gosto também com essas relações que começam de forma virtual, sem se saber quem está do outro lado, embora seja um tanto perigoso…na vida real.
    Desejo uma semana de muito amor no coração!
    “Inteligência não é não cometer erros, mas saber resolvê-los rapidamente.” (Bertolt Brecht)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Vivi.
    Eu também amei esse livro!
    Achei super amorzinho!! Fora que entendi todas as referências nerds e fiquei me achando!! Rs...
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.