Temporada de acidentes - resenha

domingo, 18 de setembro de 2016

Não consegui parar de ler!

Temporada de acidentes - autora: Moïra Fowley-Doyle

sinopse: "Guardem as facas, protejam as quinas dos móveis, não mexam com fogo. A temporada de acidentes vai começar. 
Acontece todo ano, na mesma época. Todo mês de outubro, inexplicavelmente, Cara e sua família se tornam vulneráveis a acidentes. Algumas vezes, são apenas cortes e arranhões. Em outras, acontecem coisas horríveis, como quando o pai e o tio dela morreram. A temporada de acidentes é um medo e uma obsessão. Faz parte da vida de Cara desde que ela se entende por gente. E esta promete ser uma das piores. No meio de tudo, ainda há segredos de família e verdades dolorosas, que Cara está prestes a descobrir. Neste outubro, ela vai se apaixonar perdidamente e mergulhar fundo na origem sombria da temporada de acidentes. Por que, afinal, sua família foi amaldiçoada? E por que não conseguem se livrar desse mal? Uma narrativa sombria, melancólica e intensa sobre uma família que precisa lidar com seus segredos e medos antes que eles a destruam."

Okay, este é um livro que demorei a pegar no embalo, mas depois...uau! Gostei muito de algumas coisas...e vou dizer que não gostei de outras, mas o livro é realmente bom! ;) 

Cara já está acostumada...todo mês de outubro acidentes horríveis acontecem em sua família. Às vezes nem tão horríveis, como uma topada, um corte pequeno, uma escorregada...mas o fato é que família inteira sofre com isso; inclusive já perdeu alguns membros nessas temporadas...

A mãe de Cara já se previne. Coloca plásticos bolha pela casa, cobre com tudo o que pode, reforça estantes, esconde facas etc. Mas infelizmente, não dá pra evitar. Ir pra escola então é um tormento: carro a 20 km por hora. Entretanto, Cara, apesar de pensar muito sobre isso, não parece se preocupar tanto. Bebe, fuma - até maconha - e não perde a oportunidade de se meter em furada! Ela tem dois irmãos - um meio irmão, Sam, que às vezes parece bem mais do que isso e Alice, sua irmã que não leva muito a sério esse período. 

Cara vê uma coisa enquanto está mexendo em seu álbum de fotografia. Há sempre uma pessoa que se repete...uma mesma menina, Elise, uma antiga amiga sua. Às vezes um cotovelo, às vezes um pedaço de sua roupa, ela de costas, uma sombra de cabelo. Decidida a descobrir o que ela está fazendo em suas fotografias, Cara decide confrontá-la...mas a menina sumiu. Ninguém sequer lembra dela...uma pequena jovem que cuidava da caixa de segredos da escola. Enquanto conduz a investigação, Cara também se preocupa com os acidentes que segundo Bea, sua melhor amiga, serão muito piores este ano.

Aparentemente, alguns segredos vão sendo revelados...talvez a temporada de acidentes seja algo além de uma maldição...talvez o problema sejam mesmo os segredos... 

Apesar de não gostar muito da aparência que a autora dá para a vida de adolescente - afinal, tudo o que eles fazem é beber, matar aula, fumar, ir para festas perigosas, etc. o que não concordo, fiquei impressionada com o talento que ela teve para deixar um clima sombrio no livro. Algo que é complicado, considerando o número de festas que esses jovens vão.
Entretanto, gostei bastante do livro. É daquele tipo que você realmente não consegue parar de ler!

Zack: Verdade...na minha época de adolescente, nossa diversão era nos reunir em volta da fogueira e contar histórias...dormíamos cedo...acendíamos velas e ouvíamos os mais velhos...

Jessi: Hum...Zack... você não conta...tipo...sua adolescência foi há mais de 700 anos...¬¬

Zack: Que é isso...Os jovens não mudaram tanto!

Jessi: Ahn...sei...



Comentários no Facebook
2 Comentários no Blogger

2 comentários:

  1. Oi, Vi.
    Eu confesso que não sei se gostei ou não desse livro.
    A forma como a autora descreveu esses adolescentes me deixou irritada. Toda hora eles paravam para fumar e beber e isso realmente me cansou! Quase desisti de ler! rs...
    beijos
    Camis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, duas aqui! mas eu me empolguei mais no meio do livro e não consegui mais parar de ler...só que também fiquei um pouco chateada quanto a isso..:/

      Excluir

Tecnologia do Blogger.