Ai, meus Deuses!

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Ai, que livro fofo! 


Ai, meus Deuses - autora: Tera Lynn Childs - editora: Record Junior

sinopse: "A vida de Phoebe Castro vira do avesso quando sua mãe anuncia que irá se casar com um estranho misterioso. Para completar, as duas terão que se mudar para o outro lado do mundo: a Grécia! Phoebe terá que dizer adeus ao sonho de cursar a mesma universidade que suas melhores amigas... Como se tudo isso não bastasse, ela ainda terá que frequentar uma escola superexclusiva na qual seu padrasto é o diretor. E os alunos são tudo, menos comuns —são descendentes dos deuses gregos e com direito a superpoderes! Se Phoebe achava o ensino médio difícil, ela já sabe que a vida ali vai ser um sofrimento de matar."




Nossa, posso dizer que li em dois dias, mesmo estando cheia de coisas pra fazer! A capa é fofa, o livro é fofo, e é claro, apesar de ser um livro juvenil e não esperar uma história muito rebuscada, ameei demais a história de Phoebe!

Phoebe é uma garota normal que estuda em uma escola normal, com uma vida normal e cheia de amigas...normais! Sua vida vira do avesso quando sua mãe chega, depois de uma semana na Grécia, dizendo que vai se casar! Cara, a mulher é rápida! Uma semana depois ela conhece o cara e já vai casar?? Enfim, ela pede que Phoebe vá morar com ela por um ano. Só que a jovem não quer ir, já que tem sua vida toda certinha... Contudo, ela já tem uma vaga assegurada na faculdade por conta de ser uma corredora profissional, mas tem que manter as notas altas...cedendo à pressão da mãe, Phoebe vai para a ilha grega Serfopoula (que raio de nome é esse??).

Qual não é a surpresa de Phoebe quando descobre que a ilha na verdade é uma escola para descendentes de semideuses que não a acolhem bem por ser uma nothos - uma normal! Lá eles não podem usar seus poderes para machucar ninguém, mas quem pode saber, não é? O pior é que a nova meia irmã de Phoebe ainda pega no pé dela, usando seus poderes contra ela! E seu padastro nada mais é que o diretor da escola!
Bem, felizmente Phoebe faz amigos e é uma garota bastante ousada e determinada; ela não permite que ninguém pise nela, o que me fez gostar tanto da personagem. Contudo ela se apaixona pelo garoto mais idiota da ilha e faz de tudo pra ficar com ele, o que me deixou com um pé atrás. Bem, ninguém é perfeito, certo? :/ Griffin é um cara cretino e abusado, o que me deixou querendo chutar a Phoebe diversas vezes...¬¬


Eu gostei muito do livro, especialmente de ver o quanto Phoebe é tão dedicada com a corrida...mas senti falta de saber mais sobre os poderes dos personagens. Você sabia quem era descendente de quem, mas parava por aí. Era uma escola como outra qualquer, Ares - esportistas, Afrodite, animadores de torcida, Hades- os punks da escola, etc, etc....e acabou. Não tinha demonstração de poderes, nada.  
Apesar do livro parecer terminar, descobri que é uma série, mas pelo menos o primeiro livro fecha perfeitamente bem. Nem sabia que tinha mais livros! Enfim, pesquisando, descobri que a autora ainda tem uma série de histórias pequenas no site dela e os próximos livros! Olha que legal! Cheque aqui!

Zack: Eu ia ficar mesmo deslocado naquela história. Quer dizer, olhando pra mim dá pra ver que sou descendente de Zeus e tal, mas checando minha beleza acho que estou mais para Afrodite. O que você acha?

Jessi: Definitivamente Hades. E não qualquer Hades, é aquele da história da Disney!

Zack: É, pensando bem, estou totalmente para um deus grego original. Nada se iguala a mim.

Jessi: Você está pelo menos me ouvindo? Zack? Zack??   





Comentários no Facebook
3 Comentários no Blogger

3 comentários:

  1. Um novo Percy Jackson na versão feminina!?? hahahaha pra conseguir vai ter que ser tão bom quanto PJ, tem que ir longe esse!

    ResponderExcluir
  2. Afrodite deve se morder de Raiva com o fato que o Zack não quis nada com ela...

    Enfim, to interessada no livro, mas o fato de ser uma série com mitologia grega me deixa com um pé atrás... Já tem um monte de Percy Jackson, Olimpianos, e afins. Se você não procura direitinho sobre a mitologia (ainda mais com toda aquela bagunça que Zeus cata tudo o que respira) a história fica falha e já vi muito isso, então tenho um pé atrás com mitologia grega...

    Isso e os traumas da Faculdade lol

    Beijos, Diva!

    ~-Lyoko

    ResponderExcluir
  3. Quet: hahaha, acho que não chega a tanto, quet! XD É bom, mas não vai longe como Percy!!

    Lyoko: te entendo! Mas o livro me decepcionou porque não menciona os deues gregos; só comenta de quem são descendentes, e na escola não é permitido usar poderes mágicos...enfim...foi isso que me deixou meio chateada; não exploram muito essa parte e só comentam por alto! Beijos, fofa! =**

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.