Requiém

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Bom, foi bom entre outras coisas...

Requiém - autora: Lauren Oliver - editora: Intrínseca

sinopse: "No desfecho da trilogia em que o amor é considerado uma doença, Lena é um importante membro da resistência contra o governo. Transformada pelas experiências que viveu, está no centro da guerra que logo eclodirá. Depois de resgatar Julian de sua sentença de morte, Lena e seus amigos voltam para a Selva, cada vez mais perigosa. Enquanto isso, Hana, sua melhor amiga de infância, foi curada. Ela leva uma vida segura e sem amor junto ao noivo, o futuro prefeito. Às vésperas do casamento e da eleição – cujo resultado pode dificultar ainda mais a vida dos Inválidos -, Hana se questiona se a intervenção realmente tem efeito. Vivendo em um mundo dividido, Lena e Hana narram suas histórias em capítulos alternados. O que elas não sabem é que, em lados opostos da guerra, suas jornadas estão prestes a se reencontrar.

Orelha de livro



Para quem não acompanhou a trilogia, aqui estão as outras resenhas: Delírio e Pandemônio

Vou tentar não dar spoilers, mas é difícil, considerando que este é o último livro! ^^; 
Lena e Julian estão juntos agora no grupo, mas nele também está Alex. Ela se sente dividida, pois antes achara que ele estava morto, e agora percebeu que ainda o amava. Mas também ama Julian, que está cada dia mais apaixonado por ela. O livro se alterna entre a história dela e de Hana, que foi curada. Devo admitir que comecei a gostar muito mais das partes da Hana do que do sofrimento e dificuldades que Lena estava passando na Selva, que me dava cada vez mais agonia.

Na parte da Lena, uma nova menina se junta ao grupo, Coral. Ela e Alex começam a ficar cada vez mais amigos, para irritação de Lena. A princípio, ela tenta fazer com que a menina seja expulsa dizendo que não confia nela - sim, também senti raiva disso. Com o passar do tempo, a admiração pela jovem começa a crescer. Enquanto isso, o grupo encontra uma antiga aliada e decidem que é hora de tomar a cidade. 

Hana foi curada, mas ela se sente estranha. Não tem mais tanta preocupação quanto antes, se sente mais fria, mas certas coisas não vão embora. Ela tem pesadelos e sonhos, coisa que não deveria acontecer. Sente pena dos Inválidos, que são as pessoas não 'curadas'. Foi pareada com o prefeito, que tem o desejo de subjugar todos os inválidos e simpatizantes, forçando-os a obedecer cortando energia. Ela protesta, mas ele é rude e a ameaça. Então ela descobre que não foi sua primeira esposa...

Enfim, eu até gostei da trilogia, mas mais uma vez, Lauren Oliver acelera o final e tenta explicar muita coisa no último livro...não gostei do final porque deixou muita coisa a desejar. Não explicou muito destinos dos personagens, terminou com você curioso; provavelmente ela esperava que a gente imaginasse ou não quis mesmo dar um desfecho pra eles. Cheguei a pensar que havia outro livro, mas não... Lena também me irritou muito. Era totalmente egoísta e ciumenta, querendo tudo só pra si e agindo como vítima. Acredito que a imagem que a autora quis passar é que algumas pessoas tem razão de achar que o amor é uma doença por ser tão egoísta às vezes. Eu discordo, porque isso não seria amor; é apenas paixão e tem ligação com desejos. E aí já cai no caso da personalidade de cada um.

Eu gostei da trilogia, sério mesmo. Os personagens da Lauren são bem construídos (com exceção dos não principais), os diálogos fluem bem, a escrita é ótima. Só o final me decepcionou um pouco..e vocês? :/

Zack: Nossa, uma sociedade sem amor... não queria dizer isso, mas seria mais tranquilo de se viver...

Jessi: Zack, que coisa horrível de se dizer! Como isso seria uma coisa boa? 

Zack: Eu não teria mais fã-clube...'_' 

Jessi: Aah...entendi seu ponto de vista...e também seria muito mais fácil matá-lo.

Zack: Na verdade isso não, Jessi...Falta de amor não é o mesmo que falta de capacidade! :3

Jessi: ¬¬  


Beijokas! ;D 




  
Comentários no Facebook
8 Comentários no Blogger

8 comentários:

  1. Zack pense nas mulheres que você nunca ligou de volta, todas elas estariam te caçando agora lol

    Ainda não li a trilogia, muita gente tem dito que esse final e o de A Seleção pareceu muito aberto, o que dava brecha ou a impressão de um novo livro.

    Bem, não sei, se eu um dia deixar de ser pobre o comprar o box lol

    Beijos, Diva!
    ~-Lyoko

    ResponderExcluir
  2. HAHAHHAH As opiniões do Zack são as melhores! Eu acho as capas dessa trilogia bem legais e tipo eu gostei da resenha, parece interessante, nunca li nada da Lauren, mas essa coisa de amor ser doença me deixou curioso!

    ResponderExcluir
  3. Não sei mas essa coleção me lembra uma outra que eu não sei o nome...
    Zack como sempre arrasando com suas linhas de raciocínio! kkk

    ResponderExcluir
  4. Ly: hauahuahaua. ou não..xD iam ter deixado de amá-lo..XDD Pois é, isso me dá agonia..:/ Não senti que terminou..:/ Beijoos!

    João: Sim, as capas são bem legais e originais! Bom, a lauren escreve super bem! =) Tenta um livro!

    Quet: hahahaha, então não te lembra! hahahaha! Ele é uma figura..xD

    ResponderExcluir
  5. Zack eh doido, só pode kkkkkk adoro os comentários dele :D

    Ehr... Eu fiquei indecisa sobre a história... Talvez eu leia um dia porq o contexto parece interessante, mas não gosto de finais frustrantes...

    ResponderExcluir
  6. (e eu pensei e não escrevi o resto sobre o Zack kkkkkk, enfim...)

    Quando li os comentários deles terminou tipo "prevejo um sapato voando" kkkkkk adoro esses dois

    ResponderExcluir
  7. Hahahhahaha
    Coitada da Jessi!!
    Sobre o livro, fiquei um pouco decepcionada com esse final da série. A protagonista estava ainda mais irritante do que no primeiro livro e o final deixou a desejar!
    É uma pena, né?!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  8. Brenda: hahaha, que bom que gosta! Jessi não parece curtir muito! XD É, o final é frustrante mesmo....:/ hahahahahaha, Jessi precisa comprar mais! XD

    Camis: hahahaha, né? Sim, eu também. A protagonista me deixou bem aborrecida e o final foi jogado pra cima de nós como se nós tivéssemos que inventá-lo...:/ Pena mesmo, o livro estava ficando muito bom! Beijos!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.