Minha vida agora

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Minha nossa...fofo e empolgante...

Minha Vida Agora - Meg Rosoff - editora: Record

sinopse: "Uma garota nova-iorquina de 15 anos desembarca na Inglaterra, enquanto uma nova grande guerra está prestes a começar, para passar uma temporada com a tia e quatro excêntricos primos totalmente desconhecidos. Na imensa casa de campo, longe da agitação de Manhattan e dos conflitos com a nova madrasta, grávida do bebê que pode lhe tirar o pouco que lhe resta do pai, Daisy descobrirá o amor, o desejo, a liberdade de um cotidiano sem adultos e o valor da amizade verdadeira."







Esse livro é...fantástico, mas tem um probleminha! Ele assusta e vou dizer porquê! Ele é bem fininho, dá pra ler numa tarde e é gostoso demais, mas a fala da personagem, bem...você tem que se acostumar com ela! Por quê? Bem, vou copiar um trechinho aqui! rsrs 

"Fui para a janela de novo, olhei para fora e vi que a bruma havia se dissipado e tudo estava tão verde e então eu me vesti e consegui encontrar a cozinha depois de descobrir alguns aposentos bem incríveis por engano e Isaac e Edmond estavam lá comendo torrada com geléia e Piper estava fazendo o meu chá e parecendo preocupada por eu ter saído da cama para buscá-lo."

A fala dela é toooda corrida assim. E mais ainda: todos os diálogos são no meio das falas assim: "Aí eu falei Obrigado e ela respondeu De nada e ficamos olhando uma para a outra e aí (...)" Afinal, é uma menina de 15 anos narrando e é bem no jeito que elas falam..rs

Tá, Vivi, mas o livro é bom? É LINDO, É FOFO, É TRISTE, É TUDO....
Bom, vou resumir um pouquinho...Daisy é mandada para a Inglaterra para morar com a tia por uns tempos, porque o pai arrumou uma mulher nova e elas não se suportam. Ela vai e fica hospedada com os primos e a tia. Até aí tudo bem, ela reclama um bocado e tudo...rsrs. 
O fato é: a guerra explode. No meio desse caos, sua tia havia viajado e não voltou mais porque as fronteiras ficaram fechadas. Resultado: Ela e os primos ficam todos sozinhos numa casa enorme, sendo que o mais velho deles tem 16 anos! 

O incrível é a pureza desse livro. Ela fala com uma naturalidade impressionante. Por exemplo, ela se apaixona pelo primo, Edmond, e eles agem como...bem, como crianças não-supervisionadas. Ela fala de sexo, deles correndo para pescar nem se importando com o mundo, do racionamento de comida, etc...até a guerra chegar perto...demais! E o livro narra com uma inocência de adolescentes que subitamente descobrem que o mundo é duro...
Teve certas partes do livro que parecia - sério mesmo - cenas de Jogos Vorazes (não violentas, digo, mas pelo fato de eles terem que se virar para sobreviver!). Daisy é obrigada a amadurecer rápido demais, acabam morando com soldados, etc...MAS ESSE LIVRO É LINDO!! TUDO É LINDO! E triste...mas calma, se são como eu, não é só tristeza não!! rsrs Eu fiquei encantada!
Ele não é violento (tanto, claro, pois fala de guerra de qualquer forma) mas de uma visão de guerra narrada por crianças...

Sugestão? Leia!! 

Zack: Jessi precisa ler esse livro para descobrir que a vida é dura mesmo! 

Jessi: Aham, como se tentar matar você já não fizesse a minha vida mais dura a cada dia!

Zack: É porque não é mole me matar!

Jessi: .......diz que não escutei isso. Segurança? 


 

Comentários no Facebook
9 Comentários no Blogger

9 comentários:

  1. 0hahaha, PUTZ ZACK, SÉRIO? Cadê meu Death Note...?

    Enfim, agora fiquei com vontade de ler! A capa é bem... não sei dizer, mas capas assim me lembram livros infantis, mas no caso esse livro entrou na minha cabeça como 'para 12 anos" ... Vai entender, sou doida.

    Quem sabe compro na bienal?

    Beijos, Diva!

    ~-Lyoko

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro. Essa capa é um encanto *.*
    Que legal, ver uma história de guerra narrada por uma menina tão nova. Li poucos livros desse estilo.
    Gostei :)

    Agora que eu tô percebendo... Há milhares de livros onde os personagens principal tem 15 anos, que fixação é essa com esse numero? :P

    Fiquei muito curiosa :D

    Bjão Vivi!

    ResponderExcluir
  3. Zack: Aah, mas não é mole matar ele não! Você viu como é escorregadio! hauhaua! Mas o livro parece bem infantil mesmo! O pior é que apesar da escrita meio infantil, ele não é! hahaha! Compra sim, é lindo demais!

    Pabline: Acho que você vai gostar! É muito lindo, triste e fofo...hahaha, nem me fale!! Não dá nem para eu me identificar! hahaha Beijooos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Vivi,
    Por que é mesmo que eu não li essa sua resenha antes? Porque eu sou uma besta. Podia ter pedido esse livro para você emprestado!! hehehe
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  5. Oi Vivi =) Eu não conhecia esse livro, mas eu fiquei bem curiosa para conhecer ele, ahaha fala corrida (vou relembrar meus tempos de adolescente esbaforida que falava tudo rápido para meu pai não se prender nos detalhes kkkkkk)
    Vou colocar o livro na minha lista (nada pequena) de leitura
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Vivi
    como foi o lançamento do caçado?
    Queria tanto ter ido :(
    paulinha

    ResponderExcluir
  7. Camis: hahaha, que isso! Eu te empresto com certeza! Ele é super levinho e rapidinho de ler! ^^

    Jhey: hahahaha, mas é bem assim! Fala corrida sem respirar! hehehe Vai lá que é bom! =)

    Paulinha: foi suuper legal, paulinha! Pena que você não foi... :( Vou fazer um post sobre ele, tá bom?? ^^

    ResponderExcluir
  8. Adorei a resenha! Não conhecia esse livro e já me sinto ansiosa pra lê-lo!
    Já li um livro que os diálogos eram no meio do texo, no começo me irritava um pouco, mas depois a gente se acostuma! hehe Mas parece ser uma historia muuito interessante mesmo! Vai para a estante!

    Bjusss

    ResponderExcluir
  9. Vai sim, é muiiito bom mesmo!! Amei! Só que demora um pouquinho pra acostumar! ^^

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.