Como ser popular?

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009


Eu só tenho uma coisa a dizer: Devia ter lido esse livro quando era adolescente!!

Meg Cabot; editora Galera Record

Sobre o livro:  sinopse da orelha: "As aulas vão recomeçar e, dessa vez, Stephanie Landry está decidida a não ser mais a excluída da escola. Ela está disposta a fazer de tudo para ter mais amigos além de Becca, que passou a quinta série tirando longos cochilos na aula de Estudos Sociais, e Jason, um pária social que odeia todo mundo. Ela está disposta a fazer com que as outras pessoas - especialmente as populares - esqueçam o incidente da Fanta Uva, quando, cinco anos antes, ela derramou, sem querer, um copo cheio de refrigerante na saia branca Dolce&Gabana de Lauren Moffat, a garota mais bonita, mais popular e mais perversa de toda a escola. Steph simplesmente precisa mudar isso. Ela não agüenta mais ouvir "não dê uma de Steph Landry" toda vez que alguém banca o idiota... Então, ajudando a limpar o porão da avó de Jason, Steph encontra O Livro. Um volume velho e empoeirado, que pode ser a fórmula mágica da popularidade. Como ser popular tem várias regras sobre como se comportar - sempre tenha um sorriso no rosto, seja uma boa ouvinte -, ensina quais são os atributos das pessoas populares - são verdadeiras e honestas, nunca são falsas e maldosas -, e até contém algumas dicas de beleza e moda, embora Steph tenha recorrido a algumas revistas atuais para poder utilizá-las. Seguindo os ensinamentos de Como ser popular, ela faz escova no cabelo, muda todo o guarda-roupa e não se esconde mais dos outros. E consegue, pasmem, chamar a atenção do menino mais lindo do colégio - e seu amor secreto -, Mark Finley. De repente, ela está almoçando com os populares e é até convidada para sair com eles. Mas é claro que nada é tão fácil: Lauren Moffat está seriamente preocupada com essa ascensão súbita de Steph, e não vai medir esforços para relembrar a todos quem ela realmente é. E se isso servir para colocá-la em sérios problemas, melhor ainda... Sem perceber, Steph acaba em uma situação terrivelmente complicada: ou abre mão da sua recém-conquistada popularidade ou corre o risco de perder os seus amigos que, ao que parece, sempre gostaram dela exatamente como ela é."


Acho que a orelha do livro foi mais que suficiente!! O que posso dizer desse livro é que você pode facilmente ler em uma só tarde. Ele é super leve; descontraído, nossa, acho que li em duas ou três horas. Mas sabe o mais legal de tudo?? Ele tem realmente lições interessantes. Eu devia ter lido esse livro na minha época de adolescente! Se você conhece alguma, dê esse livro pra ela. FAÇA ISSO.

Sabe por quê, principalmente? Quem nunca teve problemas na escola, quem nunca foi humilhado, pagou mico, se juntava com a turma do fundão? Aqui no Brasil pode ser meio diferente do país da Meg, mas todo mundo quer ser popular! Gente, já vi tanta coisa fake...gente que faz fake para se elogiar, perseguir outros ou coisa assim. Falta de autoconfiança, né? Coisas que o livro fala, por exemplo. Ele não diz lições para ser 'só popular', ele traz belas lições para se comportar como uma BOA pessoa. Realmente me surpreendeu. Eu mesma quero anotar coisas que nem devo ter me dado conta de como são importantes.
Por exemplo?
"Seja autoconfiante." "pessoas populares são fiéis, genuínas e verdadeiras" "Tenha empatia" "Não ridicularize os outros" "não seja arrogante" "não queira se mostrar, ninguém gosta de gente metida."

Como sempre, tem uma mensagem linda no final. O livro é totalmente previsível; aconteceu exatamente o que eu imaginava; mas quem não gosta de um clichè de vez em quando, né? Sem contar que todo mundo devia dar uma lida para aprender certas lições bem válidas...

Se quiser saber mais, minha amiga camila também fez uma ótima resenha sobre o livro:
Leitora compulsiva
Comentários no Facebook
6 Comentários no Blogger

6 comentários:

  1. AMEI ESSE LIVRO!

    Estou nem aí, adoro clichê mesmo =X uehueheuh
    E é mesmo, as lições são bem legais =3 Dá uma visão diferente dos "pupolares". Pelo livro, eles são simpáticos legais, e não chatos metidos a besta =D

    ResponderExcluir
  2. Né? Acho que todo mundo devia ser popular desse jeito! Se for assim, vale muito a pena!! =D

    ResponderExcluir
  3. Vi!!! feliz ano novo e tudo de bom!! essa semana vou fazer um divulgando bem lindo pra divulgar a promo.. guria tu nao imagina a correria de fim de ano!! eu ia adorar a fazer a promo do seu livro no blog!!
    PS: guriaaa eu sempre fico querendo as coisas da promo!!! Mas a Adri é boazinha comigo hahua sempre acabo ganhando esses brindes lindos (os livros eu ja tenho) Mal posso esperar para a minha lata chegar tb hauhau

    =o********

    ResponderExcluir
  4. Feliz ano nooovo, lindaaa!! Eba, vou esperar! Vou ver se envio uns brindes legais pra você fazer também! Pode deixar, vou ver se consigo! Séério?? Ai, Deus, que inveja!! Puxa, será que não consigo isso também?? Com quem tenho que falar?? com o Papa?? hahahahahaha!!! aaaahhh!!! =D

    =*******

    ResponderExcluir
  5. Eu amo os clichês da Meg! Ela sabe como rediscutir os temas mais manjados e tornar seus livros deliciosos!! É por isso que ela é tão maravilhosa!!!

    ResponderExcluir
  6. Concoordo totalmente!! Eu amo clichè! rsrsrs!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.